Dentes mais branquinhos

Verdade ou mito: alimentos naturais, hortaliças e até o frango clareiam os dentes?


Quem navega pela web sabe que aqui se acha de tudo! Com essa onda de blogs sobre maquiagens, moda e fitness (e como a nossa redação é majoritariamente feminina) sempre damos uma espiadinha nos mais famosos pra ver o que acontece pelo mundo e quando surge algo diferente, batemos uma bola sobre o assunto.

E foi num deles que encontramos um texto sobre ‘alimentos que clareiam os dentes’. Depois de ler a matéria para saber quais eram os que faziam o tal milagre, fomos atrás de outras referências e achamos diversos portais que falavam sobre o tema. Na lista de ‘alimentos clareadores’ nada de diferente do que estamos acostumados a ingerir no dia-a-dia: iogurte, morango, queijo, hortaliças, pepino, ovo e até frango!

Na dúvida, levamos o tema até o consultório do especialista em implantes e ortodontia, dr. Alexandre Comparotto. Então, antes de sair correndo atrás do hortifruti mais próximo, confira o que ele diz sobre o assunto.

Clareia ou não clareia?

Segundo o dr. Comparotto, a resposta é não! “Isso é um mito, não existem alimentos que clareiam os dentes. O que existem são alimentos que pigmentam ou não pigmentam nossos dentes. Os que não pigmentam e possuem fibras funcionam como ‘adstringentes naturais’ porque eles têm a ação mecânica de ‘higienizar’ os dentes como uma pré-limpeza. A maçã e a cenoura crua, por exemplo, limpam as superfícies lisas e isso acontece porque, ao mastigar, a fibra raspa no dente. Mas é importante lembrar que nada substitui a escova e o fio dental!

Alimentos ácidos: é bom evitar!

Acabar de comer e ir correndo escovar os dentes é um hábito natural para a maioria das pessoas. Porém, isso pode causar um desgaste excessivo, conhecido como erosão ácida, devido a acidez que eles possuem em sua superfície, então, dependendo do que foi consumido, é preciso esperar de 15 minutos a meia hora para a escovação. “Durante a refeição o ph da saliva cai e o esmalte do dente desmineraliza, ou seja, ele perde sais de cálcio e fica mais poroso. Quando acabamos de comer, aos poucos esse ph vai voltando e aí ocorre o oposto: os sais começam a voltar aos dentes. Se a pessoa mantém esse ph baixo por muito tempo, come o dia inteiro e não higieniza a boca, a cárie aparece porque você tem a saída, mas não tem a entrada de sais.”
O recomendado é que após a ingestão de alimentos ácidos, como o abacaxi, o morango e o kiwi, a escovação aconteça depois de cerca de 15 minutos. Agora, se o que você tomou foi um refrigerante (principalmente o feito à base de cola), o ideal é que a espera seja de meia hora, já que ele possui muito mais acidez que os alimentos naturais.

Resultado eficaz

Você sabia que o clareamento a laser, feito em consultório, não clareia a cor do dente? Isso mesmo! O que o laser faz é somente remover os pigmentos que se acumularam com o tempo e que causaram o amarelamento. “Cor de dente é como cor de olho ou de pele. O dente já tem uma determinada cor e o que o clareamento faz não é mudar essa cor. Nosso dente tem microporosidades que são pigmentadas ao longo do tempo pela ingestão de café, chocolate, açaí, suco de uva, beterraba, corantes naturais ou artificiais e outras coisas. No clareamento, o laser se infiltra nessas porosidades, que é onde a escova não chega, e remove essas manchas”.

Portanto, alimentos naturais não clareiam os dentes. Para evitar o amarelamento, o ideal é que se tome água após a ingestão de alimentos pigmentados, pois ela ‘lava’ a boca. “Fazer um bochecho ou deixar a água em contato com os dentes por alguns segundos já ajuda.”
Ou seja, para dentes fortes e sempre branquinhos, vale ser clichê: não descuide da escovação e visite sempre o seu dentista.

Mantenha o sorriso bonito

– Líquidos para bochecho, pastas de dente milagrosas e alimentos que clareiam os dentes não existem!
– Além dos citados na matéria, entram na lista de alimentos que escurecem os dentes o molho barbecue, o shoyu, o catchup, o molho vermelho e tudo que tiver cor forte.
– Para evitar o contato da acidez com os dentes, use canudinhos ao beber refrigerante.
– A maçã ajuda a ‘limpar’ a superfície do dente, mas por causa da frutose, a ingestão dela sem a higienização correta pode ocasionar a temida placa bacteriana na raiz do dente.

Conheça mais sobre a Clínica do Dr. Comparotto aqui.

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro