A obesidade e o câncer

Um estudo recente, publicado pela Revista médica Lancet, constatou que a obesidade pode aumentar o risco de desenvolvimento de 10 tipos de câncer. 

Durante sete anos, foram analisadas mais de cinco milhões de pessoas, e a pesquisa chegou a conclusão de que pessoas em sobrepeso respondem por mais 12 mil casos de câncer por ano no Reino Unido. Além disso, a obesidade também seria a responsável por aumentar em quase quatro mil o número de pacientes que sofrem com a doença por ano.

Os cientistas britânicos, que conduziram o estudo, destacaram que 13 a 16 quilos extras adquiridos por um adulto, aumentam o risco de seis tipos da doença: câncer de útero, vesícula biliar, rim, colo do útero, tireóide e leucemia. Aqueles que tiveram um alto índice de massa corporal (IMC) também foram mais propensos a desenvolver tumores no fígado, cólon, ovários e nas mamas pós-menopausa.

Segundo a nutróloga Andréa Pereira, do Hospital Albert Einstein, a obesidade é uma doença que deve ser controlada, pois também está relacionada a vários outros problemas de saúde como pressão alta, diabetes, dislipidemia, depressão.

 

Como a obesidade está relacionada ao câncer?

 

A obesidade está relacionada ao risco de câncer por alguns fatores. Hormonais, já que o aumento do tecido adiposo nos obesos leva a uma maior produção de hormônios masculinos na mulher e de femininos no homem e com isso temos um risco aumentado para câncer de mama, endométrio, ovários e próstata. O aumento do tecido adiposo visceral que está associado a uma maior incidência de câncer do trato gastrointestinal, como cólon, estômago, pâncreas, leucemia e linfoma. Há também uma associação com aumento da resistência à insulina e aumento da glicemia, que também tem relação com risco aumentado de câncer.

 

A obesidade está ligada a tipos determinados de cânceres ou pode ser um fator de desencadeamento?

A obesidade é um fator de risco. O câncer é uma doença multifatorial, então temos vários causas, tais como, genéticos, cigarro, álcool, produtos químicos.

 

Quais os cuidados que devemos tomar em relação à alimentação?

1. Gordura Corporal: seja o mais magro possível

2. Atividade Física: mantenha-se ativo diariamente

3. Evitar bebidas açucaradas e calóricas que promovam ganho de peso

4. Consuma alimentos de origem vegetal, menos os de origem animal

5. Reduza carne vermelha e evitar carnes processadas

6. Limite de bebidas alcóolicas (2 drinques/dia)

7. Consumo de sal deve ser de 6 g/dia

 

Dra. Andréa Pereira – Nutróloga do Hospital Israelita Albert Einstein CRM: 83438

 

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro