Escolhas dos homens modernos

Quem não conhece um homem que nunca teve dúvidas na hora de compor o visual, procurar um tratamento ou simplesmente saber se a bermuda é coerente com a camiseta (estampa, cor e estilo...).

Hoje é visível que a oferta de produtos de moda, serviços de beleza e perfumes, voltados para o público masculino, tem aumentado a cada ano. O movimento é fruto da demanda crescente por itens ligados à vaidade, que estimula os homens a cuidar da aparência e se tornar atraentes. Na visão de muitos, seja usando roupas e acessórios da moda ou realizando tratamentos estéticos, o que vale é ser visto com um visual impecável (mas, por favor, base na unha e cabelo tingido, não).
Querem um simples exemplo? Com tantas opções de padrões para camisas, um sem fim de estampas de gravatas e ainda tecidos novos para os ternos, não é de estranhar que num universo que até há pouco mais de uma década era visto como feminino, o importar-se com ‘o que combina com o que’, deixe muitos rapazes de mal com o espelho.
Saber combinar elementos para um bom visual não é obrigação, e sim necessidade. Nunca a ‘boa apresentação’ esteve tão em alta, e conhecimento pelos homens neste tema tem sido amplamente valorizado tanto no trabalho como em simples encontro com os amigos.

O básico para não errar:

– Camisa amassada é péssimo tanto no trabalho, quanto na balada. Desleixo não significa modernismo.

– Evite trabalhar de camisa estampada, nem na sexta, onde as empresas permitem o ‘casual day’.

– Camisa folgada com ombro caído é um elemento que vai contra você mesmo.

– Jamais use mocassim informal com meia e nunca nenhum com meia branca.

Jeans: O ideal é que seja reto, sem cintura muito baixa. As lavagens variam de acordo com a estação e a moda. Sem muitos desgastes é mais clássico e, por isso, mais básico. Na dúvida, opte pela lavagem mais escura.

Rosto: Cada um tem seu estilo na hora de cortar o cabelo, mas não fica bem ter fios compridos ou ‘desalinhados’ se onde você trabalha tem uma política mais formal. Se usa óculos, sugiro ir numa boa ótica onde te indiquem o melhor formato para seu rosto. Exemplos: se o rosto é retangular ou mais alongado, uma lente estreita vai deixar o rosto mais comprido; já uma mais quadrada cria mais harmonia. Se for gordinho, armações mais finas ficam melhores, dão um visual mais leve. Para todos: armações de metal costumam envelhecer (mas não adianta comprar uma de cor forte ou cítrica se for só por que está na moda).

Antenado nas tendências e de olho em clientes antigos, mas que agora se revelam grandes compradores, o varejo incrementa suas vitrines, busca qualidade em produtos e serviços e investe em atendimento personalizado. É uma fatia de mercado interessante, pois a fidelidade do homem na hora da compra é maior que a da mulher (vejo por meus clientes – a maioria chega por indicação/presente das mulheres – que procuram seguir quase que 100% as indicações para não errarem novamente).

Na hora das compras, normalmente, vão direto à loja que o agrada não só na oferta de peças, por isso é importante que o empresário esteja atento ao atendimento e a qualidade do que está sendo oferecido. O homem atual é fiel à percepção de qualidade e ao que lhe é conveniente.

Mas, não é apenas na moda que o homem é fiel ao seu estilo, existe todo um link entre roupa/modo de vida/escolhas pessoais. O importante é a coerência e o bem-estar.

 

Por Claudia Castellan

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro