Sol, verão, água de coco

O que escolher para curtir o verão?

Muitas mulheres acima do peso se martirizam nesta época.

Algumas até se escondem, pois sabem que comprar maiôs ou biquínis é um desafio e tanto, e ambos precisam ser muito bem escolhidos, com material de qualidade e que realmente vistam bem. Aliás, escolher o mais adequado para si é uma decisão difícil. Quem tem quadril largo, barriguinha, coxas grossas ou culote, é melhor optar pelas ‘hot pants’ ou um modelo com, no mínimo, dois dedos de largura. Para ajudar, vou dar três dicas básicas:
 

1 – Pense em cores neutras, porém extremamente chiques, como: preto, chocolate, verde oliva, violeta escuro, azul escuro, vinho e esmeralda escuro. É fundamental você se gostar com uma roupa de praia e não ir arriscando coloridos ou estampados demais. Vá aos poucos e descubra primeiro no que você se sente melhor: maiô ou biquíni?


2 – Quanto à modelagem, a parte de cima vai vestir melhor se as alças forem largas e segurarem suficientemente o busto. A calcinha deve ter um caimento perfeito, ou talvez ser em tamanho maior do que aquele que você levaria, porque se ficar curto ou muito justo vai realçar o culote e as dobras na barriga, e isso você não quer, certo? A cintura
mais alta, quase na altura do umbigo favorece e moderniza a figura. 


3 – Maiôs precisam ter um forro poderoso que manterá seu abdômen mais firme e mais plano, então pense em qualidade. Esqueça qualquer peça sem forro, mesmo os biquínis.


As mais magrinhas podem abusar dos modelos ‘cortininha’ para tomar sol e do tomara-que-caia para não ficar com marcas de alça. Ambos modelos estão liberados para peitos pequenos e médios. Para todas: as tendências desta estação fogem completamente do que você pensa em matéria de moda praia, e isto já está acontecendo há uns quatro anos.


Depois de exportar os biquínis minúsculos e conquistar o mundo, o Brasil passa a consumir modelos mais discretos. A volta do estilo retrô traz biquínis com modelagens maiores e que modelam o corpo, pois seguram a barriga; e marcam a cintura destacando as curvas de um jeito bem correto e elegante, sem apertar nas laterais. Muitas brasileiras têm buscado nas marcas internacionais a opção de compra de biquínis com formas maiores e mais confortáveis (como os usados pelas europeias e americanas, considerados mais sexy do que os menores), porém, com modelagem adaptada, sem calcinhas franzidas com tecidos sobrando. Muitos estilistas são defensores desta tendência retrô e admitem que a procura por modelos maiores têm sido grande e que não há mais este preconceito do antigo.

Comentários (2)

500 caracteres restantes

Cancel or

  • ana mercedez
    super dicas para este verão, principalmente para mim que acabo de ser mãe novamente.
  • anna
    querida, para as meninas tirarem as dúvidas....bj

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro