Morumbi Rocks

Hoje é dia do Rock, bebê! E por isso fizemos uma retrospectiva dos melhores e maiores shows de rock que já passaram pelo Morumbi!

No calendário, desde 1985, o rock tem um dia só dele: 13 de julho. Mesmo antes de ser criado o Dia do Rock, o Estádio do Morumbi já abrigava grandes shows, verdadeiros espetáculos. A partir de 1981, os roqueiros de plantão passaram a conferir shows únicos e inesquecíveis no Cícero Pompeu de Toledo. Além disso, vários artistas e bandas que se apresentaram no Morumbi destacam as datas como os maiores shows da carreira. Para fazer você entrar no clima, pesquisamos alguns destaques dos últimos 33 anos do estádio que já deixou de lado o futebol para apresentar bandas e artistas do mundo todo. O maior público, os mais longos, os maiores telões.

Let’s rock!

 

 

MAIOR PÚBLICO

 QUEEN (1981) Na sua única vinda ao Estádio do Morumbi, a banda britânica atraiu, em apenas três noites, aproximadamente 200 mil pessoas. Esse foi considerado o maior público em shows por aqui. A banda tinha malabarismos sensuais e entrosamento impecável, e o hit Love of My Life foi cantado a plenos pulmões pelo público.

 

 

 

SHOW MAIS LONGO

RUSH (2002) Com músicas longas, que duram em média sete minutos cada, a primeira apresentação do grupo no Morumbi durou mais de três horas. Cerca de 62 mil pessoas entraram em transe em músicas como YYZ, que é instrumental. Durante essa canção, alguns fãs chegavam a tocar instrumentos fictícios no ar. O ponto alto da passagem do grupo foi o solo de sete minutos do baterista Neil Peart, que girava sobre uma plataforma. Num momento mais acústico do show, Geddy Lee tocou no baixo um trecho de “’Garota de Ipanema”, fazendo uma homenagem ao Brasil.

 

 

 

MAIOR TELÃO

PAUL McCARTNEY (2010) Os shows de Paul McCartney foram tão bons que o cantor veio duas vezes ao Morumbi só em 2010: em agosto e em novembro. Os shows, considerados apoteóticos, permitiam que todos no estádio vissem o cantor em dois telões de LED com 18 metros de altura por sete metros de comprimento. McCartney cantou sucessos da carreira solo sem deixar de lado a época dos Beatles, totalizando cerca de 40 músicas em quase três horas de espetáculo.

 

 

 

MAIS VEZES NO MORUMBI

 U2 Os irlandeses já tocaram no Morumbi em 1998, 2006 e em 2011. Na primeira vez que estiveram no bairro, eles cantaram, além de músicas próprias, canções dos Bee Gees e do Led Zeppelin. Em 2006, Vertigo foi, segundo Bono Vox, uma festa particular! Na mais recente vinda ao Morumbi, um palco com garras foi fincado no meio do gramado.

E POR FALAR EM U2... Se teve uma coisa que chamou a atenção do público nesse show foi o telão usado na turnê 360º. Isso, sem dúvida, foi um show à parte. Além de ser gigantesco, ter um nível de definição excelente e contar com uma película cinematográfica, o telão, em um certo momento, se desmembra em várias telas menores, parecendo uma colmeia. Tudo isso era sustentado por uma estrutura de aço de aproximadamente 50 metros de altura sobre pontes rotativas. Assim, o público teve uma visão geral, sem obstruções. Ou seja: foi uma experiência única.

 

 

Público dos shows

1981 Queen – 200 mil

1983 Kiss – 80 mil

1988, 1993 e 1994 Hollywood Rock – 240 mil Duran Duran, Supertramp, Simple Minds, The Pretenders, Simply Red, Ub 40, Paralamas do Sucesso e Lulu Santos. A edição mais famosa aconteceu em 1993, com a apresentação do Nirvana.

1998 U2 – 75 mil

2002 Rush – 62 mil

2004 Chimera Music Festival – 75 mil Linkin Park e Charlie Brown Jr.

2006 U2 – 140 mil (nos dois dias)

2007 Aerosmith – 62 mil, Roger Waters – 45 mil

2009 AC/DC – 70 mil

2010 Rush – 38 mil, Bon Jovi – 65 mil, Paul McCartney – 124 mil, Coldplay – 70 mil

2011 Iron Maiden – 55 mil, U2 – Em três dias – 270 mil, Eric Clapton – 45 mil, Pearl Jam – 118 mil

2012 Roger Waters – 120 mil

2013 Bon Jovi – 65 mil

2014 Metallica – 65 mil

 
 

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro