10 dicas para evitar acidentes na piscina

Nos últimos dias temos experimentado temperaturas elevadas em todo o Brasil. E, nos momentos de folga, corremos para as praias ou para as piscinas de prédios, clubes e condomínios, hotéis ou parques aquáticos. 

Normalmente, onde há muitos banhistas, há também salva-vidas, e por isso muitas pessoas acabam relaxando e deixando de lado alguns cuidados necessários para evitar acidentes. Segundo a ONG Criança Segura, afogamentos são a segunda causa de morte e a sétima de hospitalização, com relação a acidentes, de crianças entre um e 14 anos de idade. A ONG também afirma que até 90% dos acidentes podem ser evitados com atitudes de prevenção. Entre os adultos, o afogamento é a quarta causa de morte acidental em todo o mundo. De acordo com dados da Secretaria da Saúde, em 2010, só no Estado de São Paulo, foram registradas 931 mortes por afogamento. Então, atenção para as principais dicas para curtir o verão sem problemas!

 

1 – Bebida alcoólica e piscina (ou mar) não combinam. O adulto pode se afogar, ou perder os reflexos e não conseguir ajudar uma criança em caso de emergência.
2 – Não corra perto da piscina. Por conta da água, o chão é mais escorregadio;
3 – Seja cuidadoso ao entrar e sair da piscina. Não pule e procure usar as escadinhas quando disponíveis;
4 – Muitos acidentes acontecem quando a vítima mergulha de cabeça em água rasa. Mesmo que alguém já tenha feito isso antes, não significa que o local seja seguro para o mergulho;
5 – Respeite suas limitações, nadando somente em uma profundidade que se sinta confortável;
6 – Mesmo a criança que pratica natação, pode se afogar rapidamente e em qualquer quantidade de água, por isso a atenção deve ser redobrada;
7 – Não é por que a criança está de boia que o perigo está afastado. Ela auxilia, mas não substitui a supervisão de um adulto;
8 – Fique atento aos pontos de sucção que bombeiam a água para os filtros da piscina. Eles podem puxar os cabelos ou membros e manter a pessoa submersa até que se afogue.
9 – Em caso de emergência, não tente segurar uma pessoa que está se afogando. No desespero, ela pode arrastar você e colocar sua vida em risco também. Ofereça-lhe um objeto que possa ajudá-la a flutuar e sair da água.
10 – Use uma cerca em volta da piscina e feche o acesso com um portão que não possa ser abertos por crianças.

10 DICAS PARA EVITAR ACIDENTES NA PISCINA

 

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Cadastre-se

 

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Guia do bairro