Colunistas

Mulheres e seus dotes culinários

No Brasil, cada vez mais vemos mulheres montando seu próprio negócio. Seja por vontade ou por necessidade, o fato é que o número de empreendedoras vem crescendo. 

Em dez anos o aumento foi de 21% no Brasil. E aqui no Morumbi não é diferente. Tendo a cozinha de casa como ambiente de trabalho, algumas moradoras fazem o que sempre fizeram para a família, só que agora elas vendem seus quitutes na região. Os cuidados que elas tomam envolvem a escolha de produtos de qualidade, higiene no manuseio e armazenamento dos alimentos – tudo isso para oferecer produtos de qualidade aos clientes. E você, sabe fazer algo na cozinha? Quem sabe não se inspira nas nossas mulheres empreendedoras!

 

 

Sweet Kimi - Formada em Ciências Econômicas, Nathalie Perez quis transformar uma paixão em trabalho. “Eu já não gostava muito de trabalhar na minha profissão”, conta ela. Bolos e doces decorados e personalizados por Nathalie e a divulgação dos produtos é feita pelo Facebook, revistas do bairro e nas indicações de amigos. facebook.com/sweetkimmi.bolosedoces

 

 

 

 

 

 

Beezz - Claudia Templar sempre teve uma queda por pão de mel. Ela testou algumas receitas e chegou a um doce leve e gostoso. Começou fazendo para a família e os amigos, e foi crescendo. “Coloquei embalagens simples e delicadas e iniciei as vendas”, conta ela, que hoje tem a Beezz, que hoje vende também copinhos de pão de mel, além das versões tradicional e mini. Ela também faz doces personalizados. Facebook: http://goo.gl/mtxkyO e Instagram: beezzpaodemel

 

 

 

 

 

 

 

 

Cake and Sugar - Nívea Barreto entrou nessa área por acaso. “Os amigos foram os primeiros clientes e, aos poucos a clientela cresceu”, conta. Hoje, ela vende bolos decorados com pasta americana, mini bolos, cupcakes e naked cakes, ainda contando com a divulgação dos amigos e utilizando as redes sociais. www.cakeesugar.blogspot.com ou facebook.com/cakeesugar.Brasil

 

 

 

 

 

 

 

Quitutes da Vovó - Por sugestão do filho, Regina Salvador começou a vender doces e salgados. “Comecei fazendo brownies a partir de uma receita da minha mãe. Hoje vendo várias coisas”, conta ela, que vende muitos doces de crianças. Seu trabalho é conhecido por uma fan page no Facebook e por distribuição de panfletos. Tel.: 3501-9840 - facebook.com/quitutesvovo

 

 

 

 

 

 

 

Flor do Açúcar - Luciana Moreira, mãe de dois filhos pequenos, precisou parar de trabalhar para cuidar deles. “Minha irmã começou a fazer docinhos e eu peguei o embalo. Depois de ajudá-la em algumas encomendas, resolvi fazer por mim mesma”, conta. Ela faz tortas – doces e salgadas –, mas tem como foco principal doces como cupcakes, trufas, bolos e doces servidos em aniversários e festas em geral. Tel.: 9 9783-5266 – facebook.com/flordoacucar

 

 

 

 

 

Amora Doces - Ovos trufados e de colher na páscoa. Corações recheados para o dia dos namorados, trufas e mousses. “A Amora surgiu como um hobby. No começo, eu só presenteava amigos e familiares. Depois alguns produtos ficaram expostos em uma loja e, depois, abri para encomendas”, conta Agda Sarain Angi. Ela divulga seus produtos no trabalho e com os amigos e em seu perfil no Facebook e aceita encomendas por e-mail e telefone. Tel.: 99461-0947 – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou facebook.com/amorabolosedoces e no instagram.com/amoradoces

 

 

 

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Veja também

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi

Últimas Lidas Sobre Cidadão do Morumbi