Os cinco pontos-chave para aumentar a produtividade das equipes

Como os líderes podem otimizar o tempo dos colaboradores e ajudá-los a trabalhar melhor
Produtividade! Essa é a palavra de ordem nas empresas brasileiras em tempos de crise.

Com o desafio de líderes e empresários para alavancarem os lucros das vendas, somado à real necessidade de se diminuir os custos nas organizações, ganha o mercado quem souber supergerenciar as tarefas e otimizar o tempo dos profissionais.

Pesquisas revelam que os colaboradores gastam em média um terço da sua carga horária de trabalho em tarefas pouco relevantes, como reuniões improdutivas, excesso de e-mails, redes sociais e conversas desnecessárias. Um estudo feito pela consultoria de McKinsey, com 1.500 executivos de todo o mundo, mostra que executivos investem apenas 17% de suas horas gerindo e motivando pessoas. Considerando todo esse contexto e com o objetivo de ajudar as lideranças a gerenciarem melhor os processos das equipes, selecionei aqui cinco pontos-chaves para aumentar a produtividade e gerar resultados sustentáveis nos negócios e na carreira:

 

1 – ESCOLHA AS PESSOAS CERTAS PARA TRABALHAREM COM VOCÊ
Um dos primeiros pontos a serem avaliados quando se está passando por um desafio ou por uma situação de crise é o seu time. Quais são as pessoas com quem você realmente pode contar? Quem são aqueles que estão comprometidos de verdade com os resultados da empresa? Foque em pessoas competentes e decisivas para o seu negócio, que estejam dispostas a suar a camisa pela marca. No entanto, não basta ter pessoas comprometidas, é preciso educá-las dentro dos conceitos da empresa, utilizando estratégias inteligentes, envolvendo os colaboradores e ensinando os processos pelos quais os objetivos serão conquistados.

 

2 – DESENVOLVA UM PLANEJAMENTO BEM DIRECIONADO
Saiba qual é o resultado que você quer, onde você está, para onde você está levando a equipe e por quais meios vocês chegarão até lá. Os prazos e as ações que serão realizadas precisam ser comunicados de forma muito clara para que todos saibam exatamente qual é o projeto que devem entregar e que se envolvam com esse novo cenário.

 

3 – ACOMPANHE NO DETALHE
Acompanhe a sua equipe de perto, avalie o progresso, o cumprimento de cada etapa do planejamento, os resultados e as dificuldades de execução. Apresente soluções e ferramentas adequadas que possam ajudar a sua equipe a trabalhar melhor a cada dia. Uma dica para que os líderes possam fazer esse acompanhamento é a criação de relatórios diários ou semanais e checklist das atividades por área.

 

4 – FAÇA REUNIÕES SEMANAIS COM AS EQUIPES
Converse com a sua equipe e ouça as sugestões para melhorias. Veja o que está funcionando na opinião deles e o que poderia ser realizado de forma mais produtiva imediatamente. Não espere vencer o mês para receber relatórios e concluir que os resultados não foram alcançados, mude as estratégias no dia a dia. Principalmente quando se fala em varejo, onde as mudanças acontecem com uma velocidade muito grande e os líderes precisam acompanhar. É preciso estar atento, porque o que estava valendo ontem, hoje pode não funcionar mais. Nós não podemos mais fazer comparações com o ano ou com o semestre anterior, é preciso mensurar os resultados da semana anterior para já fazer diferente na próxima.

5 – DÊ FEEDBACKS CONSTRUTIVOS
Muitas pessoas confundem o feedback com um momento de “apontar dedos” para as falhas, mas, na realidade, o feedback, quando bem direcionado, é o momento de alavancar os pontos fortes da equipe, ajudar os profissionais a melhorarem em suas dificuldades e reconhecer competências e realizações. Essa é a oportunidade de elevar a autoestima do seu liderado, o ajudando a desenvolver o potencial dele, pois quando o colaborador consegue enxergar o retorno daquilo que está fazendo, ele se sente mais capaz e mais autoconfiante. Profissionais com a autoestima elevada são profissionais de resultados, com uma visão ampliada e que fazem acontecer!


Se quisermos, de fato, superar os desafios e gerar lucratividade, não dá mais para perder tempo com agendas pessoais, redes sociais e fofocas de trabalho. O que as empresas precisam, hoje, para aumentar a produtividade são de lideranças de atitude, que valorizem cada minuto do seu tempo e cuidem da administração do expediente das equipes, uma liderança que faça um supergerenciamento das ações diárias, sempre com foco em resultado sustentável.

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or