Estrutura

Sex Shops em 50 Tons de Cinza

O livro já esteve em primeiro lugar na lista brasileira dos mais vendido. E agora o filme está chegando às telonas. Será que a trilogia mudou a forma de pensar e de agir de alguns casais?

 

 

 

Dolce conversou com duas especialistas no assunto. Empresárias, proprietárias de Sex Shops, Gisele Crespilho e Laura Weiss contam como os Cinquenta Tons coloriram a vida de mulheres e homens. Segundo Gisele, seus clientes são fiéis, e sempre procuram descobrir novidades da vida a dois. "O conto erótico mexeu com o sexto sentido de homens e mulheres e a clientela aumentou e diversificou", conta. "Muita gente vem nos procurar, a partir do lançamento do livro, pois quer fazer igual, criar a mesma cena descrita, mas outras ainda acham que aquele tipo de sexo não existe na vida real", diverte-se Gisele. "Vale lembra que quem mais nos procura com fantasias com os maridos são as esposas. Quando os homens aparecem aqui, normalmente estão traindo suas mulheres!".

 

Que o fetiche esquenta a trama da trilogia, não há o que negar. E, muitos casais entraram na onda e agora nada mais de sexo convencional. De acordo com Laura Weiss, algemas e chicotes são os itens mais procurados, seguidos por cosméticos que ativam a sensualidade. "Outra coisa que oferecemos e que a procura aumentou consideravelmente foram os cursos de sensualidade. Mas, os homens ainda estão engatinhando quando o assunto é esse. Mulheres estão muito mais avançadas", conta Laura.

 

Uma moradora do Morumbi, que prefere não se identificar - afinal o tabu sobre o assunto continua - conta que depois que começou a conhecer a vida da pacata Anastasia Steele com seu Christian Grey, sua relação com o marido ficou muito mais apimentada. "Depois de muitos anos de casamento e de filhos, a vida a dois muda e no nosso caso mudou muito. Temos três filhos, todos ainda pequenos. Não tinha como sermos como fomos antes do casamento", conta a dona de casa. "Mas, depois que li o primeiro (em questão de horas!) mudei meus pensamentos e percebi que precisávamos reativar botões que estavam desligados no casal. Eu tomei a iniciativa de procurar uma loja especializada", confessa. Ela garante que hoje a história é outra e que mesmo ainda sendo um assunto falado pelos cantos e não abertamente, acabou conhecendo muitas pessoas que são fãs de novidades.

 

Muitos especialistas em sexo acreditam que o livro faz sucesso com um grupo grande e heterogêneo de mulheres porque mostra uma versão abrandada e fantasiosa da prática de dominação e submissão. "Há quem quem classifique os 'Cinquenta Tons' como um conto de fadas moderno, que traz em suas páginas um 'sadomasoquismo light', na opina Gisele. “A maior parte das mulheres encara tudo como um fetiche. Os acessórios que elas compram, inclusive, são mais para brincar do que para provocar dor nela ou no parceiro, como no livro. Elas rejeitam o sadomasoquismo mais hard”, diz Gisele.

 

"Com o filme, espero que as vendas aumente sim, mas o que almejo mesmo é que as pessoas busquem minha loja assiduamente, afinal, a rotina é a inimiga número um dos relacionamentos", finaliza Laura.

 

Onde encontrar:

Fatal Sexy - Tel.: 4787-1727

Isla Sensual Boutique - Tel.: 3569.3738

Shopping Versátil - Tel.: 2867-8831

Room 52 Érotique Boutique - Tel.: 2645-0098

 

* O filme tem estreia marcada para quinta, dia 12 de fevereiro.

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Veja Também

No result...

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi