Educação

Como escolher o tipo de parto? E o que é Parto Humanizado?

A escolha do tipo de parto deve se basear naquele que trará o bebê em segurança, assim como deixará a mãe segura. E cada caso é único e deverá ser avaliado em particular.

 

Por exemplo, quando viajamos, o piloto consulta as condições meteorológicas e faz um plano de voo. Muitas vezes, ele precisa alterar a rota inicialmente proposta por se deparar com situações imprevistas. Não importa se ele escolhe o caminho A ou B. O importante é aterrissar com segurança e todos os passageiros chegarem bem!
O mesmo acontece com a via de parto. A não ser que haja alguma situação que já contraindique o parto vaginal, todo parto a princípio pode ser vaginal ou dito “normal”.
Da mesma forma que no exemplo da viagem, confie no seu obstetra e na sua decisão de estar escolhendo o melhor caminho.

Dra. Flavia Kronfly

Sobre o Parto Humanizado há muitas interpretações para esta questão. A meu ver, humanizar o parto é acompanhar a gestante no seu processo natural de parturição, assistindo-a e criando condições propícias para um nascimento saudável, evitando-se intervenções médicas desnecessárias. Não significa que precisa haver dor, descontrole ou medo.
E também tornar o parto um momento acolhedor, elegendo profissionais próximos (no que tange à afetuosidade com a paciente) e criando um ambiente agradável e propício à chegada do bebê, com luz indireta e música ambiente.
A música tem papel relevante. Torna únicas as vibrações da sala de parto, eleva o ambiente e induz o bom comportamento de todos os que participam daquele momento, como falar baixinho e caminhar sem pressa. Música tranquila acalma e transforma o ambiente e as pessoas que ali estão.              

 

• • • • • • • • • • • • • • • •
Dra. Flavia Kronfly – CRM 85482
Ginecologia e Obstetrícia – Clínica Vie!
Rua Karl Richter, 16 – 6º e 9º and.
 Tel.: 3772-2000
www.clinicavie.com.br

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Veja Também