Educação

TESTE: Seu filho está passando por bullying?

TESTE: Seu filho está passando por bullying?

 

Faça o teste e descubra se seu filho precisa da sua ajuda

  1. Seu filho pede, de maneira frequente, para não ir à escola?
    ( ) Sim ( ) Não

  2. É comum seu filho relatar a “perda” de brinquedos, dinheiro, livros, roupas ou aparelhos eletrônicos?
    ( ) Sim ( ) Não

  3. Você notou alguma mudança de comportamento recente (seu filho ficou mais quieto, agressivo ou triste)?
    ( ) Sim ( ) Não

  4. Seu filho começou a tirar notas mais baixas no colégio?
    ( ) Sim ( ) Não

  5. Seu filho tem menos amigos e está mais solitário?
    ( ) Sim ( ) Não

  6. Seu filho passou a se queixar de dores de cabeça e no estômago (e você já o levou ao médico e não identificou problemas de saúde)?
    ( ) Sim ( ) Não

  7. Percebeu que seu filho de repente passou a apresentar dificuldades para dormir, tem pesadelos ou voltou a fazer xixi na cama?
    ( ) Sim ( ) Não

  8. Você tem notado marcas físicas no seu filho, como roxos, cortes e arranhões?
    ( ) Sim ( ) Não


Se você respondeu SIM para 6 ou mais perguntas:

Sinal vermelho: Seu filho mudou de comportamento e tem dado diversos sinais de alerta que podem indicar que ele está sofrendo bullying. Procure conversar com ele e buscar a ajuda da escola em que ele estuda para tentar identificar e solucionar o problema.


Se você respondeu SIM para 4 ou 5 respostas:

Sinal amarelo: Seu filho tem dado alguns sinais que indicam que você deve ficar alerta. Talvez ele esteja começando a ser vítima de perseguições ou agressões. Fique atenta e procure investir no diálogo, deixando seu filho confortável para desabafar – isso facilita a impedir que o problema avance.


Se você respondeu SIM para até 3 perguntas:

Sinal verde: Você não tem percebido sinais claros que indiquem que seu filho sofre bullying. Em geral, ele continua sendo o mesmo de sempre e não tem demonstrado mudanças significativas. Continue sempre atenta ao comportamento do seu filho. Assim, ao primeiro sinal de que ele possa estar sendo vítima de perseguição, você poderá ajudá-lo.

 

​​Teste elaborado pela psicóloga Cynthia Wood, da Crescendo e Acontecendo​

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Veja Também

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi