Esporte & Dança

Cuide de sua voz!

O envelhecimento é um processo natural e enquanto ele ocorre, muitas mudanças em nosso corpo, em nossa saúde e em nossa voz acontecem. A voz feminina pode se tornar mais grave ou mais aguda, por vários fatores, num processo chamado de presbifonia. 

Conversamos com especialistas para saber mais sobre esse problema que pode afetar homens e mulheres já a partir dos 40 anos, idade em que o declínio da voz pode acontecer mais acentuadamente em umas pessoas do que em outras.

 

 

Homens e mulheres podem ser afetados pela presbifonia? Sim. Tanto homens quanto mulheres sofrem com as modificações da idade, o que interfere também na voz. As modificações, entretanto, são individuais e variam de pessoa para pessoa. A voz tende a ficar mais grave nas mulheres e mais aguda nos homens.

 

Cantores, telefonistas e outros profissionais que usam muito a voz, podem sofrer mais com o problema? Os profissionais que usam a voz como instrumento de trabalho percebem as modificações da idade mais facilmente, mas elas ocorrem em todas as pessoas. Esses profissionais podem apresentar algumas limitações de extensão vocal (o quanto a voz vai do grave para o agudo) e variação na própria qualidade da voz (que pode ficar mais fraca e trêmula, por exemplo).

 

Quais os sintomas de envelhecimento vocal? Os principais sinais e sintomas são voz rouca e/ou soprosa (com ar), instável, com tremor e fraca. A queixa mais comum é o cansaço ao falar. Além disso, a voz pode ficar mais grossa nas mulheres e mais aguda  nos homens.]

 

A menopausa pode ser um agravante para a presbifonia? Por quê? Sim. Com a redução dos hormônios femininos, após a menopausa muitas mulheres ficam com a voz mais grossa. Com a idade, a voz pode se agravar ainda mais, mas as modificações variam entre as pessoas.

 

Com qual tipo de exame é definido o diagnóstico? Há prevenção? E tratamento? O diagnóstico é feito pelo médico otorrinolaringologista por meio de exame de imagem da laringe. O envelhecimento da voz é inevitável, entretanto os sinais como rouquidão, soprosidade e fraqueza, podem ser reduzidos ou retardados com exercícios fonoaudiológicos. Mesmo quando as mudanças já estão estabelecidas é possível fazer exercícios para amenizá-las e potencializar a voz.

 

A prática de atividades físicas regulares, o avanço da cosmética e as inúmeras possibilidades de rejuvenescimento por meio da cirurgia plástica elevam a autoestima das pessoas e a vontade de viver a plenitude da vida, mesmo em idades mais avançadas. Por isso, devemos ter sempre em mente que não importa a idade, o cuidado com nosso corpo e com a nossa saúde deve ser diário e nossa voz é parte desse processo.

 

DICAS PARA MANTER A VOZ SEMPRE JOVEM

Boa alimentação

Hidratação do organismo

Não fumar

Evitar bebidas alcoólicas em excesso

Praticar regularmente atividades físicas

Praticar regularmente atividades vocais como: cantar, participar de corais, atuar, ler poesias em voz alta, etc.

Exercitar as pregas vocais com a ajuda de um fonoaudiólogo com experiência em fisiologia do exercício vocal

 

Fonoaudiólogas consultadas:

Karla Maffini Antoniazzi Rossi - CRFa. 7269 - Tel.: 3895-2814

Bruna Rainho Rocha - CRFa. 2-18645 - Tel.: 3742-8128

 

Comentários (1)

500 caracteres restantes

Cancel or

  • Adhemar
    Excelente trabalho dessas pequenas/grandes meninas e profissionais! Dicas importantíssimas para todos nós, e não só para os profissionais que "trabalham" com a voz. Parabéns!

REVISTA DOLCE

Edições anteriores

Veja as edições anteriores da revista Dolce Morumbi