Em que você acredita é o que realmente importa

Entenda o Significado das Crenças e Valores na sua Vida.

Por Ana Kekligian

Todo ser humano tem uma série de princípios que permeiam a vida desde o início. Essas ideias são o resultado de todas nossas crenças e valores baseados em tudo que vivemos, escutamos e reproduzimos. Muitas pessoas desconhecem o real significado e importância que esses conceitos têm nas nossas escolhas do dia a dia. Porém, sem eles, é bem possível nos perder de nossos objetivos e sonhos.

Crenças são nossas verdades individuais, projeções que acreditamos ser legítimas, mas que não necessariamente são autênticas à realidade. Existem dois tipos: as limitantes e as fortalecedoras. As primeiras são as que nos dificultam, nos frustram e atrapalham nosso desenvolvimento. Já as crenças fortalecedoras são ideias positivas que nos impulsionam para a prosperidade.

Nossos valores são critérios pessoais, o que consideramos importante para nós. São como um guia, capazes de motivar e mover nossas vidas. Todos os nossos comportamentos existem para atender os nossos valores. Cada pessoa possui uma hierarquia de valores, e isso justifica o fato de agirmos de maneiras diferentes em uma mesma situação, pois muitas vezes de forma inconsciente, estamos dando significados diferentes aos acontecimentos.

Essas concepções se interligam da seguinte forma: algumas crenças são tão fortes que fazem com que a ordem da nossa lista de valores principais se altere. Por exemplo, se acreditamos que o mundo é desonesto e só através da desonestidade que conseguiremos nos sobressair, é possível que nosso valor honestidade tenha pouca força na nossa escala de valores.

São as crenças e valores que norteiam a essência e grandeza do ser humano. Juntas elas formam o sistema de significados que justificam as ações de cada pessoa. Não reconhecer esse sistema pode nos deixar frágeis em situações onde existam ideias e comportamentos divergentes.

Foto de Ali Morshedlou

Certamente já ouvimos alguém falar ou mesmo fomos os interlocutores de frases como: “Não tenho tempo”; “Sou muito velho para isso”; “É impossível me organizar”. Esses são exemplos de crenças limitantes. Veja como está clara a força negativa que elas possuem e que podem nos imobilizar. Quanto mais nós repetirmos padrões de pensamento negativos, mais enraizados eles se tornam e podem causar grandes danos em nossa vida, destruindo nossa autoestima, autoconfiança, fazendo com que a gente perca oportunidades, além de gerar timidez, comunicação agressiva ou passiva, e muito mais.

Foto de Christina Wocintechchat

Mas como nós podemos identificar nossas crenças e valores, principalmente, de modo a manter as crenças fortalecedoras e eliminar as limitantes?

Através do autoconhecimento, reconhecemos as nossas crenças e nos livramos daquelas que nos dificultam e nos enfraquecem, de modo que possamos preservar nossos valores e sermos mais felizes. Porém, podemos começar neste momento com o que já temos através de autorreflexão: no que eu realmente acredito? O que de fato é mais importante na minha vida? Quais são meus sonhos? O que faz me sentir pleno? Quem ou o que eu defenderia com unhas e dentes? O que significa riqueza para você? As respostas dirão muito sobre seus valores.

Já para entender nossas crenças, podemos fazer uma lista com o que mais falamos sobre nós mesmos, quais pensamentos nos acompanham durante o dia. Sem dúvida, isso nos trará uma maior percepção sobre nós mesmo. E a partir dessa identificação, começamos a trocar as crenças limitantes por fortalecedoras.

Essa mudança acontece por meio da repetição. Afinal, quantas vezes nós dissemos para nós mesmos que éramos incapazes de fazer algo? Quantas vezes nós ouvimos que para ser feliz, precisamos ser magras ou magros, ou seguir algum tipo de padrão estético? Quantas vezes nos falaram que nós não seríamos alguém na vida? Pois é. Foi assim que essas crenças se instalaram na nossa mente: por repetição. E para quebrá-las, depois de identificá-las, devemos continuar repetindo, no entanto, trocando por crenças fortalecedoras, que são frases positivas sobre si ou sobre o mundo. Exemplo: Posso me aceitar e ser feliz da forma como sou!

A matriz das nossas emoções, sentimentos e comportamentos é o pensamento. Nós somos o que nós pensamos. Ou seja, se pensarmos que nosso dia não será bom, há grandes chances de não ser mesmo. Porém, se focarmos nossos pensamentos em coisas boas, as chances de termos dias muito melhores e felizes são infinitamente maiores.

Então, eu te convido a descobrir em que realmente você acredita.

Imagem: Canvas
Foto de Carl Heyerdahl

“Vivo o Coaching como filosofia de vida e minha missão é conectar e agregar as pessoas, para que possam explorar a sua capacidade infinita e extraordinária de viver. Isto é possível por meio do autoconhecimento, pois com o auxílio de ferramentas específicas somos capazes de nós conhecer na mais profunda camada. O resultado do autoconhecimento é a auto potencialização e, consequentemente, a felicidade.”
Ana Kekligian

Ana Kekligian é Master Coach de Desempenho e Especialista em Inteligência Emocional orientada para a vida pessoal e profissional e idealizadora da EBC – Empresa Brasileira de Coaching. Atualmente possui cinco importantes certificações internacionais pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coaching: Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoriano, Master Coach, Análise Comportamental e Inteligência Emocional. Além dessas, também tem certificação como especialista em Inteligência Emocional pela SBIE (Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional) e também como Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadPS.

É mãe, filha, esposa, irmã, tia, amiga e CEO de si mesma.

Imagem destacada: Designed by Freepik

Artigos recomendados