Pediu e foi tomar banho

Cinara de Liz

Tenho conversado com restaurantes que se adaptaram para aumentar as entregas e outros que seu foco já era atender somente no delivery e muitos me reportam situações para as quais convido todos a pensarem no assunto.

Você faz um pedido, entra no banho e esquece da vida! Ah, aquela água gostosa depois de um dia daqueles, uma música alta para relaxar e muita água caindo na sua cabeça. Lá vai meia hora, quarenta minutos e seu delivery está onde?  Na sua portaria! O entregador em pânico, ligando para o patrão pois, tem meia hora que está ali esperando e já fizeram de tudo e nada de ser atendido. O que fazer? Chamar o bombeiro? O cliente deve ter morrido!

Parece até engraçada a cena, mas para os clientes seguintes não teve graça a espera maior que a combinada e tudo por conta de uma entrega anterior, cuja a parada foi demasiadamente longa. Tem cliente que pede e fica no telefone, o outro foi no vizinho, o outro a TV está tão alta que não ouviu interfone, telefone, enfim, não importa.

Tenhamos um pouco de empatia pelo entregador, pelo estabelecimento e pelos demais clientes. Estamos vivendo tempos difíceis para não ser no mínimo cordial, com aqueles que estão tentando sobreviver neste cenário tão adverso!

Programe-se para estar pronto e descer ao ser chamado em sua portaria. Ninguém gosta de atrasos e se todos fizerem sua parte, todos ficamos satisfeitos. Colabore para que o tempo do entregador seja mínimo em sua casa.

Se quiser me falar sua opinião pode me chamar pelas redes sociais @cinaradeliz

Até mais!

Cinara de Liz é moradora do Morumbi e conhece muitos lugares para se comer no bairro.

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Anterior
Próximo
Slider

Artigos recomendados