Dia Mundial do Autismo: dez coisas que você precisa saber sobre o autismo

Por Cynthia Wood Passianoto

1- Quanto mais cedo o diagnóstico e o tratamento, melhor. Inclusive os bebês podem receber tratamento a partir de brincadeiras.

2- É preciso “ensinar a criança autista a aprender”. Ela aprende com a repetição

3- Crianças autistas tendem a não focar o olhar. Estimule-a a seguir pessoas e objetos; assim, seu aprendizado será mais acelerado.

4- Agressões podem ser formas de se comunicar e podem significar vontade de ir ao banheiro ou comer.

5- É preciso prestar atenção no que o autista quer dizer com gestos, balbucios ou gritos. Isso tornará o tratamento mais eficaz.

Imagem por Nathan Anderson em Unsplash

6- No caso de a criança não falar, é importante criar uma forma de se comunicar com ela. Isso pode ser feito por meio de acenos e gestos.

7- A criança com distúrbio autista também reage ao meio em que vive. Se ela parecer agitada, tente notar em quais momentos isso ocorre. Ela pode não estar gostando da cor da sua camisa.

8- Irmãos de crianças diagnosticadas com autismo têm até 10% de chances de desenvolver a doença. Os pais precisam observar possíveis riscos.

9- Para assegurar a integridade física dos filhos, os pais não devem hesitar em intervir.

10- Busque profissionais especializados e fazer uma avaliação neuropsicologica precoce para adiantar o tratamento.

Imagem por Alireza Attari em Unsplash

Cynthia Wood Passianotto  é psicóloga e escreve quinzenalmente com sua coluna Dolce Criança. Acompanhe a Cynthia também em suas Redes Sociais:
@cynthia_wood_passianotto
@crescendoeacontecendo

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Anterior
Próximo
Slider

Artigos recomendados