Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

26 de abril é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, problema que, sem controle, aumenta risco de complicações em caso de infecção pelo coronavírus. Exposição nas linhas 4 e 5 de metrô chama atenção para a condição que atinge milhões de brasileiros e provoca doenças cardiovasculares; alerta é importante porque muitas pessoas deixaram de procurar assistência por receio de contraírem a covid-19

Com a intenção de informar sobre um dos fatores de risco mais importantes para as doenças cardiovasculares e para complicações associadas à infecção pelo coronavírus, a ViaQuatro e a ViaMobilidade, concessionárias responsáveis pela operação e manutenção das linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô, respectivamente, apoiam iniciativa da Associação Brasileira Superando o Lúpus, Doenças Reumáticas e Raras e recebem, durante abril, uma mostra sobre hipertensão.

Na exposição, o passageiro encontra depoimentos como o de Janete Gonçalves, que tem diagnóstico de hipertensão e doença reumática. Ela controla o problema com medicamentos, aliados a uma alimentação com ingestão reduzida de sal e massa e a uma rotina de exercícios físicos.

Em abril, o dia 26 é dedicado especialmente para o alerta sobre a hipertensão arterial. Segundo o Ministério da Saúde, 35% da população no país apresenta essa condição, que, se não controlada, pode levar a uma série de doenças, com sequelas para o organismo. Durante o mês, nos nichos de leitura das 27 estações de ambas as linhas estarão disponíveis para os usuários folhetos esclarecendo sobre hipertensão arterial e seus cuidados.

Medir a pressão regularmente é uma maneira de prevenir ou controlar o problema, pois seus sintomas são praticamente imperceptíveis. Além de depoimentos, a mostra conta com dicas e informações para evitar a hipertensão ou controlá-la. Este ano, por conta da pandemia da covid-19, as atenções se voltam para esse grupo de risco mais vulnerável. Vale ressaltar ainda que muitas pessoas, por receio de contaminação, deixaram de procurar assistência médica para a hipertensão, agravando alguns casos.

“Com ações como essa, a ViaQuatro e a ViaMobilidade reafirmam seu compromisso de oferecer aos passageiros mais do que um transporte seguro e confortável. Temos também a preocupação de veicular informações confiáveis que promovam a saúde e o bem-estar da população”, diz Juliana Alcides, gerente de Comunicação e Sustentabilidade das concessionárias.

Seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde para evitar aglomerações e levar informação para quem pode ficar em casa, a exposição também será divulgada nas páginas oficiais das concessionárias no Facebook e Instagram, @ViaQuatroSP e @ViaMobilidadeSP.

Exposição sobre prevenção da hipertensão arterial

De 1 a 30 de abril na Estação Oscar Freire (Linha 4-Amarela) e Estação Eucaliptos (Linha 5-Lilás)

A ViaQuatro é a concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo e o primeiro contrato de PPP (Parceria Público-Privada) assinado no país. Na América Latina, a Linha 4-Amarela é pioneira no uso do sistema driverless, operação automática sem a presença de condutor dentro do trem, que permite a supervisão permanente de velocidade, conferindo mais segurança e precisão à operação.

A ViaMobilidade é a concessionária responsável pela operação e manutenção das linhas 5-Lilás de metrô e 17-Ouro de monotrilho em São Paulo. A Linha 5-Lilás é composta por 17 estações e atende a Zona Sul de São Paulo, de Capão Redondo a Chácara Klabin. Ela se integra ao Metrô na Estação Santa Cruz (Linha 1-Azul) e na Estação Chácara Klabin (Linha 2-Verde) e à CPTM (Linha 9-Esmeralda) na Estação Santo Amaro. Já a Linha 17-Ouro, quando concluída pelo Governo do Estado de São Paulo, terá oito paradas entre as estações Morumbi e Jardim Aeroporto, com integrações à Linha 5-Lilás, na Estação Campo Belo, e com a Linha 9-Esmeralda da CPTM, na Estação Morumbi.

Fundada em 2009, na cidade de São Paulo, a Associação Brasileira Superando o Lúpus, Doenças Reumáticas e Raras teve início com o atendimento de pacientes com lúpus e seus familiares. Em 2012, passou a atender também pessoas com doenças reumáticas e doenças raras. Seu objetivo é dar condições para que todos – de crianças a idosos – tenham melhor qualidade de vida.

Colaboração da pauta:

LLYC

Anderson Sousa
[email protected]
+55 11 3054 3319
+55 11 96497 8921

Maria Ligia Pagenotto
[email protected]
+55 11 3054 3328
+55 11 96470 2884

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

Anterior
Próximo
Slider

Artigos recomendados