Sinta-se merecedora para uma vida fluida e plena

Ana Kekligian

Você já parou para pensar em porque as coisas acontecem para você? E por que tem outras que não acontecem?

Costuma pensar que tudo é uma questão de sorte?

Desde a minha primeira formação em coaching em 2016, venho estudando o tema merecimento pelo grande impacto que o assunto causou em minha vida. E, consequentemente, é o que procuro proporcionar na vida daqueles que confiam no meu trabalho.

Compreendo que existe uma lei do universo chamada de Causa e Efeito e que impacta no merecimento de cada um. E a partir disso, te convido a refletir sobre o assunto.

 Muitas vezes, as pessoas me dizem que é impressionante a capacidade que tenho de recomeçar e de não desistir diante das adversidades. O que me move é ver e sentir que, quanto mais aceitação e gratidão eu tenho pelo entendimento de merecimento, mais aceitação e gratidão emano. E isso faz a roda da minha vida fluir em sentido daquilo que quero e desejo. Quando se entende este processo, é possível aceitar melhor as circunstâncias, os desafios e as perdas. Além de se tornar mais atenta ao que te é enviado e a estar pronta para receber, aprender e evoluir.

Imagem cedida por EBC Coaching

Através de várias metodologias de autoconhecimento e, em especial, pela Inteligência Emocional, se pode entender que, a falta do merecimento gera dificuldades emocionais na vida. Alguns exemplos são: insegurança, falta de autoconfiança, dúvidas sobre si mesmo, culpa, procrastinação, medo, falta de amor-próprio, passividade, perfeccionismo, timidez e diversas outros sentimentos que atrapalham o seu crescimento.

Consequentemente, por falta de merecimento, você pode rejeitar oportunidades, se sabotar diante de desafios e se sujeitar a situações humilhantes.

Por falta de merecimento você:

  • Acaba não aceitando um convite de uma pessoa bacana para sair;
  • Despreza oportunidades de emprego por não se sentir capaz;
  • Assume erros que não são seus;
  • Aceita sair com quem não te valoriza;
  • Desiste de ser feliz, postergando viagens, compromissos, estudos;
  • Fica o tempo todo se justificando e se culpabilizando.

Despertar o merecimento que habita em você é tomar coragem e aceitar que fez ou faz por merecer e, por isso, tem a família que tem, trabalho, carro, amigos, estudos…

E isto também te dá condições de assumir as rédeas de sua vida a fim de, tomar decisões para conquistar aquilo que ainda não tem, sem a necessidade de se martirizar.

Comece entendendo qual o seu índice de merecimento e faça uma retrospectiva amorosa com sua história de vida desde criancinha. O que aconteceu? Como foi a sua criação? Como era o ambiente familiar? Quais foram as faltas e os excessos? Quais são as feridas emocionais que você carrega e que impactam nas suas conquistas?

Imagem cedida por EBC Coaching

Talvez com essa leitura você já encontre respostas. E elas podem te gerar um grande desconforto, tristeza, raiva e medo. Mas, não fique na dor, fique feliz por essa percepção e tome decisões rápidas para a sua virada. E o primeiro passo, está na aceitação, ou seja, honre e respeite sua história, de onde veio, os seus pais, as suas dificuldades e sinta orgulho e gratidão por ter se tornado essa pessoa que a sua criança não poderia imaginar.

A forma como você conta a sua própria história, a construção dos seus relacionamentos e o seu senso ético são as bases para a construção de uma trajetória fundamentada no merecimento. E, este resultado, não acontece somente com a tomada de consciência, é preciso se apoiar em um planejamento com metas bem definidas.

Junto a isso é importante você identificar as crenças que não contribuem com a suas mudanças e com seu novo estado de merecimento.

Digo isso, porque, você recebeu diversas informações externas e internas desde quando era criança e as processou como sendo verdades absolutas. É avaliando quais são as raízes de seus pensamentos limitantes e os ressignificando que você consegue agir em prol ou não do merecimento

Existem inúmeras crenças que estão enraizadas em você. Elas podem ser crenças que libertam, te tornando uma mulher com um sentimento merecedor, ou podem ser crenças que te aprisionam, gerando medo e escassez.

Imagem cedida por EBC Coaching

Por isso, é importante entender como foi formada a sua visão de mundo, e substituir os pensamentos limitantes por outros que te façam crescer com alegria, abundância e merecimento.

Você recebeu estímulos e foi formando experiências, isto aconteceu dentro de sua família, a partir da educação que recebeu, pelos meios de comunicação e em toda a sua base cultural. Criando assim um leque de crenças hereditárias, sociais e pessoais.

Crenças hereditárias são as que você desenvolveu no seu núcleo familiar. Você observou como sua família agia e repetiu o mesmo padrão inconscientemente. Também pode ter escutado conselhos e os absorvido como uma verdade. Alguns exemplos são: “Você não faz nada direito” ou “Você precisa matar um leão por dia para alcançar o seu sonho.”.

Já as crenças sociais são formadas principalmente por ditados populares e por imposições que você ouviu pelos meios de comunicação. Como “Cuidado! A vida é perigosa!” ou “Dinheiro não traz felicidade.”

E, as crenças pessoais, são criadas a partir das experiências vividas, você guardou as informações e acredita que, no futuro, outras ocasiões possam ter o mesmo desfecho. Alguns exemplos são: “Não adianta, eu não sei fazer isso””, “Eu não mereço tudo isso!” e “Isto não é para mim.”

A partir de uma autoavaliação você coloca luz nesta consciência interna, descobrindo o que te limita. Seja uma observadora ativa de seus pensamentos e ações, anote o que está pensando da mesma forma que anota os seus compromissos diários.

Seja justa e leve quando reler as anotações, e perceba que, algumas destas crenças não estão de acordo com a mulher absoluta e merecedora que você é.

Pode ser que, em um dia de trabalho, você se depare com projetos desafiadores e sua mente fique martelando: Não consigo, não sei fazer isto, não entregarei este trabalho a tempo, sou uma impostora!

Perceba que agora você consegue ouvir com clareza esta voz em sua cabeça e mudá-la para que a sua ação seja positiva. Você deve substituir estas crenças negativas por positivas. Como: Sou merecedora do meu cargo; sou a melhor mãe e esposa que posso ser.

Este treino diário te levará a uma nova mentalidade, você sentirá mudanças não só nos seus comportamentos, como também nas suas emoções e no seu corpo. Tudo fica mais leve e divertido quando a pressão é substituída pela reconexão com o seu merecimento.

Você liberará um espaço que antes era ocupado por memórias causadoras de autopunição, comparação e sofrimento por um padrão de comportamento mais consciente e livre.

Todo este processo é baseado em um comprometimento com você mesma e te conduzirá a uma vida mais abundante e fluida. A sua autoestima estará elevada e você se sentirá a personagem principal da realidade que construiu.

Afinal, tudo em sua vida é merecimento!

“Quando a alma está feliz, a prosperidade cresce, a saúde melhora, as amizades aumentam, enfim, o mundo fica de bem com você! O mundo exterior reflete o universo interior.”
Mahatma Gandhi

Ana Kekligian é Master Coach de Desempenho e Especialista em Inteligência Emocional com foco na vida pessoal e profissional. Idealizadora da EBC (Empresa Brasileira de Coaching). Atualmente, possui cinco importantes certificações internacionais pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching): Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoniano, Master Coach, Inteligência Emocional e Análise Comportamental. Conta também com a certificação de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE (Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional) e Especialista em Produtividade com: Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadPS.

Além disso, Ana Kekligian é mãe, filha, irmã, tia, amiga, noiva e CEO de si mesma.

BANNER ASSESSMENT 2
AUTOCONHECIMENTO PARA MULHERES
previous arrow
next arrow

Imagem destacada da Publicação

Imagem cedida por EBC Coaching

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-abril-2021-banner (1)
vinheta-abril-2021-banner (2)
vinheta-abril-2021-banner (3)
vinheta-abril-2021-banner (4)
vinheta-abril-2021-banner (5)
vinheta-abril-2021-banner (6)
vinheta-abril-2021-banner (7)
vinheta-abril-2021-banner (8)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados