Discalculia

Cynthia Passianotto

É uma dificuldade provocada por má formação neurológica e que se manifesta como uma limitação da criança ao realizar operações matemáticas, classificar números e colocá-los na sequência correta. Em crianças maiores, ela também impede a compreensão dos conceitos matemáticos e a sua incorporação na vida cotidiana.

Se a discalculia não for detectada a tempo, poderá comprometer o desenvolvimento escolar de maneira mais ampla, colocando a criança numa situação de baixa autoestima e medo.

Para ajudar, indique um psicopedagogo, pois ele irá iniciar com uma melhora da autoestima da criança, valorizando as atividades da mesma e em seguida descobrirá como é o seu processo de aprendizagem, que muitas vezes é diferente do habitual. A partir daí fica fácil ajudar, pois uma porta se abre e é só colocar exercícios neuromotores e gráficos para trabalhar os símbolos.

Veja as dificuldades da discalculia, mas cuidado para não nomear um aluno sem ter certeza, pois cada criança tem um jeito de se desenvolver.

Em crianças de 3 a 6 anos ocorrem:

  • Problemas em nomear quantidades matemáticas, números, termos e símbolos;
  • Insucesso ao enumerar, comparar e manipular objetos reais ou em imagens;
  • Leitura e escrita incorreta dos símbolos matemáticos.
Cynthia Wood Passianotto  é psicóloga e escreve quinzenalmente na Dolce Morumbi. Acompanhe a Cynthia também em suas Redes Sociais: @cynthia_wood_passianotto @crescendoeacontecendo

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-julho21-banner-(1)
vinheta-julho21-banner-(2)
vinheta-julho21-banner-(3)
vinheta-julho21-banner-(4)
vinheta-julho21-banner-(5)
vinheta-julho21-banner-(6)
vinheta-julho21-banner-(7)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados