Vamos nos servir?

Cinara de Liz

Você tem ido em buffet por quilo? Pois é, com a pandemia, tudo mudou! Recebemos uma invasão de informações e dentre elas houve espaço para falar dessa modalidade gastronômica.

Há quem mesmo antes da pandemia já sentia horror de um “self-service“, até porque, é comum encontrarmos alguém que esqueceu a educação em casa e tem atitudes como falar ao telefone, enquanto se serve em um buffet. Ah, coisa mais feia ver isso! Com tantos movimentos preocupados com as contaminações naquela época, o buffet caiu em desgraça.

Restaurantes e mesmo serviços de buffet para festa em casa tiveram de se adaptar ou inovar suas propostas a fim de garantir a segurança de seus clientes nesta retomada que vem a todo vapor.

Outro dia tive o prazer de comer em um serviço por quilo. Fui almoçar na Padaria Sabor e achei excelente a solução. A comida é apresentada no buffet com vidro separando os consumidores, onde uma funcionária vai servindo os pratos conforme sinalizam o que querem e na quantidade que desejam. Muito interessante para quem curte um quilo. Buffet por quilo é muito legal por oferecer diversidade na quantidade que cada um deseja naquele momento.

Observando os serviços de festa em casa, conversei com a Selma da Vollare Pizzas. Ela me contou que o “self-service” está voltando aos poucos. Eles esperaram toda a equipe tomar a segunda dose da vacina contra Covid para implantar procedimentos recomendados pelos órgãos oficiais.  Ela ainda disse: “Nossa maior resistência está sendo a liberação das áreas comuns de alguns edifícios.”  Que venham logo as festa com protocolos e muitas pizzas no salão de casa!

Um serviço de buffet maravilhoso e que não é novidade, é o da Lia Giorno no shopping Jardim Sul. Sempre inspirado com sua diversidade e especialidade, nos mostra que o serviço vem funcionando muito bem, para nossa alegria! É notável todo esforço da equipe Lia em servir bem e com segurança.

Já a proprietária da A Galeteria Assados contou que não voltou com seu buffet por quilo, que era servido durante a semana no salão. Ela diz que o pós pandemia não deu viabilidade para dispor um buffet. Empresas que atuavam na região fecharam e a demanda não é suficiente para oferecer variedade. Sendo assim, preferiram manter os executivos bem servidos para atender o almoço junto com seus deliciosos galetos.

Cinara de Liz é apaixonada pelo Morumbi e está sempre conhecendo lugares bacanas para se comer no bairro.

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-dolce-setembro21-banner-(1)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(2)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(3)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(4)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(5)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(6)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(7)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(8)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados