Casal compartilha vida em alto-mar a bordo de veleiro

Criadores de conteúdo digital, Marina e Michel, do MotionMe, contam como é morar em um barco e narram suas aventuras em app de vídeos curtos

Michel Icart e Marina Rosa se conheceram em um intercâmbio universitário do programa Ciência Sem Fronteiras, por meio do qual passaram um ano e meio em Syracuse, cidade no interior do estado de Nova York (EUA). Únicos do grupo de intercambistas brasileiros que cursavam Design, se identificaram logo de cara e, depois de quatro meses, começaram a namorar. O recém-formado casal aproveitava as férias e os feriados norte-americanos para conhecer outras cidades, desde que tivessem um ponto em comum: a praia.

Desde o início das aventuras do casal, a ideia era produzir conteúdo dos lugares por onde passavam para hotéis e pousadas. Foi durante a pandemia, porém, que o MotionMe – nome do perfil do casal nas redes sociais – se tornou um verdadeiro sucesso no Kwai, aplicativo de criação e compartilhamento de vídeos curtos, onde publicam detalhes sobre sua rotina, curiosidades e dificuldades no veleiro, além de oferecer dicas sobre os destinos turísticos por onde passam.

perfil do MotionMe no Kwai já soma mais de 554 mil seguidores e se destaca no segmento de viagens. “Vídeos curtos são o futuro da produção de conteúdo digital e o algoritmo do Kwai é excelente na entrega dos vídeos para os usuários”, destaca Marina. “O fato dos vídeos terem mais compartilhamentos do que comentários é um ótimo sinal. Entendemos que se as pessoas estão compartilhando é porque gostam do nosso conteúdo e querem que os outros também se divirtam com os vídeos. O Kwai tem nos dado uma grande visibilidade”, conclui.  

Marina e Michel

Com o fim do intercâmbio dobrando a esquina, ambos teriam de voltar para suas cidades-natais, ela para Fortaleza (CE), ele para Santana do Livramento (RS), na fronteira com o Uruguai. Foi então que decidiram planejar um futuro juntos. A ideia inicial era namorar a distância até que ambos estivessem formados e depois morar em uma cidade litorânea. Pensaram também em levar uma vida nômade em um motorhome, casando a possibilidade de poder viajar e trabalhar. Foi aí que conheceram pessoas que já levavam o tão desejado estilo de vida, porém em… barcos! Marina e Michel se apaixonaram pela ideia e começaram a se dedicar ao sonho de ter uma casa sobre o mar.

“O primeiro passo foi concluir a faculdade. Cumprida essa etapa, começamos a trabalhar em um cruzeiro para juntar dinheiro. Com o dinheiro em mãos, iniciamos a busca pelo nosso barco. Após um tempo consertando e estudando bastante sobre como guiar nossa futura casa, finalmente nos mudamos para um veleiro. Foi um projeto longo e bem estruturado, só conseguimos chegar aonde estamos hoje, porque foi tudo planejado”, detalha Michel. 

O primeiro ano de vida marítima foi de muito aprendizado para entender as funcionalidades do barco. A cidade em que ancoraram foi Paraty (RJ), onde passaram a praticar, aos poucos, viagens maiores. Depois de adquirirem certa experiência, começaram a percorrer rotas mais longas e no mar aberto. 

“Passamos por alguns perrengues no meio do caminho – um deles na primeira travessia longa que fizemos de Paraty para Ilha Grande. Estávamos próximos a outras embarcações mais experientes e achamos que o clima estava propício para navegar. No entanto, surgiu uma ventania mais forte do que o previsto, bem como a vela quase não estava aberta e o barco, por sua vez, muito acelerado. Em resumo: o trajeto que demoraria cerca de seis horas foi feito em quatro. Foi um susto, mas contou como aprendizado”, explica Marina.

Mar + terra

O casal quer continuar surfando nessa onda e, para isso, está construindo um novo barco – um catamarã, ideal para percorrer longas distâncias. Os criadores do MotionMe estão projetando a embarcação com a ajuda de um escritório especialista em design de barcos. Assim que o projeto for finalizado, um dos objetivos do casal é explorar as águas do Brasil e do mundo e, ao mesmo tempo, se conectarem com a natureza. 

Durante a construção do barco, Marina e Michel estão aproveitando para viajar pelo país de moto para conhecer pessoas que moram em barcos e ouvir o que elas têm para ensinar. A variação de meio de transporte tem um motivo: o casal se prepara para realizar a travessia da chamada rota tropical, que vai do Paraná até o Maranhão pelo litoral brasileiro. A ideia é chegar ao Nordeste, onde há uma grande concentração de barcos catamarãs, e se juntar a eles.

Os vídeos do MotionMe mais vistos no Kwai:

Um dos aplicativos gratuitos mais populares do Brasil, o Kwai permite que o público crie seu próprio conteúdo e compartilhe vídeos online de forma fácil, inclusiva e acessível, em um universo interativo que possibilita a conexão de pessoas. Com a missão de tornar a vida das pessoas mais felizes, o Kwai acredita que todos os pequenos momentos da vida merecem ser compartilhados. O app está disponível nos sistemas iOS e Android, na App Store e no Google Play.

@kwaibrasil

Colaboração da pauta:

RPMA Comunicação

Melissa Castro
[email protected]
[email protected]
+55 11 99287 5957
+55 11 97617 7526
@rpma.comunicacao

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-dolce-setembro21-banner-(1)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(2)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(3)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(4)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(5)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(6)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(7)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(8)
Anterior
Próximo