A elegância dos estábulos

Atleta e modelo fala sobre os mistérios para se manter alinhada dentro e fora das pistas

Divulgação

Basta conferir as grandes competições de hipismo para saber a profunda ligação que os esportes equestres têm com a moda. A elegância das camisas bem alinhadas, calças com perfeito caimento ao corpo e botas que fazem qualquer um se render nas noites de inverno, são os motivos pelos quais temos a certeza da sua influência no mercado. A atleta Rileigh Tibbot afirma que a moda e a cavalaria sempre caminharam lado a lado.

Divulgação
Divulgação

As grandes marcas trabalham com essa tendência há muitos anos. Com certeza você já se deparou com o modelo Horsebit da Gucci, apenas o nome já explica de onde veio a inspiração para a famosa bolsa. As coleções da Hermés também trazem a influência dos estábulos à tona nas suas estampas, o interessante é que a grife nasceu no século 19 como uma selaria, as vendas se restringiam em equipamentos para cavalos e posteriormente para os cavaleiros.
 

Divulgação
Divulgação

“Minhas peças favoritas têm um pensamento por trás de cada escolha, conforto e segurança já que este esporte exige tanto trabalho dos meus cavalos quanto de mim”, afirma Tibbott. Nos esportes equestres, o cavaleiro e o animal trabalham juntos. São os dois que geram resultados, sendo 70% dependentes do animal e 30% do atleta.

Divulgação
Divulgação

Abra o armário de Tibbott e você certamente encontrará:

  1. Capacete de Kask– Depois de uma queda séria, em 2019, Rileigh tornou-se ainda mais criteriosa e Kask é a marca com as melhores medidas de segurança, mesmo que o preço não seja para todos os bolsos: $000 – $ 3.000 / capacete, eles são os mais bonitos e mais confiáveis.
  2. Boots Vogel: Empresa sediada em Nova York, especializada em moda e calçados equestres. Um par de botas personalizadas custa, em média, US$500.
  3. Selim Bruno: Empresa francesa que se destaca pela qualidade nos detalhes. Uma sela personalizada média custa cerca de US$000.
  4. Free Ride Equestrian: Calças e camisas que utiliza durante a competição.
Divulgação

Independente de modelos femininos ou masculinos, a moda é latente no quesito equestre. Aliás, alguns atletas e até mesmo equipes inteiras costumam ser patrocinadas pelos grandes nomes da indústria fashion. A saltadora e modelo, Rileigh Tibbot, não dispensa um bom look em qualquer ocasião. Para ela, a beleza também é uma prioridade, assim como a sua segurança e o bom desempenho nas competições.

“A equitação vai além de um esporte, é um estilo de vida”, afirma Tibbot. A moda também segue esse princípio, está relacionada ao autoconhecimento, à identidade. Por esse motivo, as tendências dos estábulos permanecem independente da passagem do tempo e mudanças de gerações.


Rileigh Tibbott é uma atleta equestre, vencedora de 16 torneiros Goal Womens e campeã de dois concursos do norte dos Estados Unidos. Nascida na Pensilvânia, hoje mora na Flórida e possui o próprio centro de treinamento e cuidados com cavalos, o Tibbott Equestrian. Aos 25 anos, ela já foi praticante de pólo e atua como saltadora e treinadora profissional.
https://www.tibbottequestrian.com/
@rileigh_tibbott

Colaboração de pauta:

Cacau Oliver Press Office

Kiko Gaspar Communications

Lana Janoti
+55 21 99735 7431 (WhatsApp)
lana@cacauoliver.com.br

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (1)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (2)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (3)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (4)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (5)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (6)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (7)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (8)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (9)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta