Meio cheio ou meio vazio: como está o copo da sua vida?

Dolce Mulher

Ana Kekligian

A rotina, além de muito dura, é super corrida e isso pode trazer muitas dificuldades para nós. O grande problema é que às vezes nem percebemos que elas existem e o quanto nos afetam

Imagem de wuny por Pixabay

Estamos vivendo em um mundo cheio de atribulações, catástrofes e pandemias. Mesmo sem perceber, as pessoas se tornam cada dia mais ansiosas e aceleradas, normalmente ditadas por um ritmo imposto pelo mundo corporativo ou pela sobrecarga de afazeres domésticos e familiares.

Outro fator bastante importante e que deve ser ressaltado aqui, é a facilidade de  acesso a informação que passamos a ter e a imediaticidade imposta pelo uso dos aplicativos, especialmente os de mensagens, dos smartphones. Afinal, quem nunca foi cobrado por ter visualizado uma mensagem e ter deixado para responder depois?

É fundamental aprendermos a estar no controle de nossas vidas, identificar os fatores externos que podem nos atrapalhar, avaliar aquilo que está caminhando bem ou precisa ser mudado em nosso dia-a-dia.

Mas, como podemos fazer todos os ajustes necessários sem atrapalhar a nossa rotina?

Separamos algumas dicas que podem ajudar você a ter uma rotina mais tranquila e isso começa pelo autoconhecimento. Uma condição que vem de dentro, que vem da decisão de pensar mais no presente e vivê-lo de forma mais intensa. Parar de correr e começar a caminhar, não viver no tempo futuro; e o mais importante: ter consciência de que o autocuidado é uma necessidade básica para se viver bem!

  1. Ame a sua vida e respeite a vida do próximo

Viver é o primeiro e o mais importante dom que recebemos, por isso devemos cuidar muito bem da nossa vida. Aceite-se como você é, procure melhorar o que precisa sem se cobrar tanto e pratique o amor ao próximo. Lembre-se: tudo o que plantamos, um dia retorna para nós em forma de colheita.

  1. Seja positivo!

Por mais que as circunstâncias da vida e os acontecimentos do dia-a-dia nos mostrem o contrário, devemos pensar positivo e mentalizar as coisas boas que estão por vir. Lembrar que para tudo na vida há o lado negativo, mas há também o lado positivo. Pare, reflita e sinta.

  1. Controle as suas Expectativas

Não adianta amenizar o seu lado, mas colocar todas as suas energias e expectativas no outro. Você não deve controlar a vida dos outros e tão pouco responsabilizá-los pelos seus problemas, preocupações ou fracassos. Assuma a sua autorresponsabilidade! Então, crie hipopótamos, mas não crie expectativas sobre o outro ou expectativas exacerbadas sobre você mesma.

  1. Pratique a Gratidão

Seja grata pela sua vida, pela sua casa, pela sua família, seus amigos, sua profissão e por tudo o que você possui. Não importa se é muito ou pouco, importa que seja o suficiente para você viver bem. Além disso, seja grato por sua saúde, pois ela te proporcionará a busca por novas conquistas.

  1. Conecte-se com a natureza

Visite um parque, faça um piquenique, pise descalço na grama, sinta o cheiro e o frescor das árvores. Uma praia no domingo, um dia de sol, uma cachoeira. Esteja para o universo o quanto ele está para você.

  1. Permita-se!

Você é capaz e pode fazer muito mais do que imagina. Permita-se aprender novas habilidades, fazer novos amigos, visitar novos lugares. Permita-se viver!

  1. Não se compare!

Sabe aquela história que a grama do vizinho parece sempre mais verde? Pois bem… só parece mesmo! Todas as pessoas têm seus problemas, dificuldades e desafios diários a serem vencidos. A família do vizinho também tem problemas, o amigo também mata um leão por dia… isso só não é tão nítido para nós.

Esqueça o que aparece nas redes sociais. Os corpos podem não ser tão perfeitos, as viagens podem não acontecer tão repetidamente e os restaurantes caros podem esperar uma data especial. Viva em busca dos seus sonhos e em paz com as suas atuais possibilidades.

  1. Simplifique

Não adianta querer ter o mundo, se no fundo a gente não precisa de um terço daquilo que queremos. Não estamos dizendo aqui que você não deve almejar novas possibilidades ou novas conquistas, mas que você deve ponderar o que realmente vale o seu gasto de energia e aprender a fazer uma tarefa de cada vez. Quanto mais coisas fazemos ou buscamos ao mesmo tempo, mais energia gastamos e menos forças temos. O pouco às vezes é muito!

  1. Não guarde rancor

Para que se prender a sentimentos ruins? Não guarde rancor, mágoas, más lembranças, energias negativas. Estes tipos de sentimentos sugam as nossas energias, nos mantém presos no passado e a pessoas que muitas vezes não fazem mais parte do nosso convívio. Liberte-se! Diante da menor oportunidade de perdoar, perdoe. Você se sentirá muito mais leve.

  1. Lembre-se: tudo passa!

Essa é uma das principais dinâmicas da vida: tudo passa. A dor, a alegria, o problema, a calmaria. A vida é feita de passagens… saiba aproveitar e agradecer a cada instante. Curta as alegrias e aprenda com as dificuldades.

  1. Dedique um tempo do seu dia para o seu hobbie

A gente se perde em meio a tantas tarefas. Corremos pra cima e pra baixo, atendemos o marido, a esposa, os filhos, a mãe, o pai, o gestor, os amigos e nos esquecemos da pessoa mais importante: nós mesmas.

Em meio a tantos afazeres, tire um período do dia para você: leia um livro, veja uma série, assista um filme, pratique uma atividade física ou simplesmente deite de forma aconchegante: relaxe, respire devagar e conecte-se com o seu eu.

  1. Curta a sua família

Você pode ter incontáveis amigos, embora os amigos de verdade a gente conte nos dedos; você pode ser super popular na vizinhança, no trabalho, nos seus círculos sociais, mas tenha certeza que quando a corda aperta quem estará ao seu lado serão os seus familiares. A família é a base de tudo: cuide dela com amor, passe tempo com ela, invista em bons momentos juntos mesmo que seja fazendo as coisas mais simples.

Após ler tudo isso você pode pensar: “essas dicas são tão boas, mas não sei se sou capaz de seguí-las”. Não se preocupe! Você não precisa se cobrar ao ponto de colocar todas elas em prática ao mesmo tempo. Comece pelo que for mais fácil para você e evolua para o que te desafiar mais.

E aí você diz: “não sei se sou capaz de fazer tudo sozinho”. Neste caso, nós indicamos que você conheça o método “Diário de Bordo”. Ele pode te ajudar a evoluir dia-a-dia para uma vida mais leve, para  esvaziar o seu copo de forma que ele fique meio vazio.

O método Diário de Bordo nasceu nos primórdios da navegação. Usado para orientar os navegantes e os comandantes das expedições, esta técnica tem sido usada para orientar estudantes, profissionais e pessoas nas mais diversas áreas da vida. Uma ferramenta eficaz no autoconhecimento, na autoavaliação e acima de tudo, uma ferramenta que te ajuda a seguir de forma mais assertiva.

Escreva para mim (no e-mail anak@ebrccoaching.com.br) e indique o que você mais se identificou com este artigo e quais itens você precisa trabalhar e melhorar em sua vida e ganhe a poderosa ferramenta do Diário de Bordo. Aproveite!

Ana Kekligian é Master Coach de Desempenho e Especialista em Inteligência Emocional com foco na vida pessoal e profissional. Idealizadora da EBC (Empresa Brasileira de Coaching). Atualmente, possui cinco importantes certificações internacionais pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching): Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoniano, Master Coach, Inteligência Emocional e Análise Comportamental. Conta também com a certificação de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE (Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional), Especialista em Produtividade com: Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadPS e Master Analista Comportamental pelo Instituto ILG. Atuou por quase 20 anos no mercado corporativo como executiva de marketing com destaque para o marketing direto e publicitário. E é CEO de suas emoções.

Conheça seus perfis:

mulher-absoluta-in-company-banner-1200X400)
AUTOCONHECIMENTO PARA MULHERES
previous arrow
next arrow

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (1)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (2)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (3)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (4)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (5)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (6)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (7)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (8)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (9)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta