Cresce o interesse por voleibol

Coordenadora do curso de Educação Física da Anhanguera explica os fundamentos do esporte, os benefícios e as regras do jogo

Praticar vôlei traz benefícios para saúde física e mental
Imagem por Freepik

A temporada de vôlei de 2023 irá decidir as primeiras vagas para os Jogos Olímpicos de Paris, no ano que vem, e o clima das competições somado ao calor de verão mobilizaram a população. Segundo dados da Ibope Repucom, em 2022, cerca de 96 milhões de internautas adultos no País se declararam interessados em vôlei — número 113% maior na comparação com 2013. O destaque do esporte gera engajamento das comunidades, que são estimuladas a promover partidas entre amigos e familiares.

Como explica a coordenadora do curso de Educação Física da Faculdade Anhanguera, professora Erica Paes Serpa, a prática da modalidade esportiva é capaz de trazer benefícios para o corpo e para a mente. “Além de proporcionar a sensação de bem-estar, essa é uma atividade em equipe que pode estimular a mentalidade do trabalho em grupo”, afirma. “Com pouco contato físico nas ações, o risco de lesões por contato é bem menor, se comparado ao futebol ou ao handebol, por exemplo”, completa.

O voleibol aumenta a taxa metabólica e fortalece o corpo, principalmente os membros superiores, como braços e ombros. “Mesmo em partidas que só acontecem nos finais de semana, entre amigos, é possível perceber melhora nas capacidades cardiorrespiratórias dos praticantes”, afirma. A acadêmica da Anhanguera ainda reforça os ganhos para o sistema cognitivo, uma vez que as tomadas de decisão precisam ser feitas rapidamente durante o jogo.

Confira dicas da especialista para preparar uma partida:

Partida. Os sets das partidas são finalizados após uma das equipes completar 25 pontos com 2 acertos de vantagem — caso aconteça empate de 24 a 24, o jogo segue até que haja essa diferença. Cada ponto é realizado em um período curto chamado de rally e a disputa se encerra após um dos times vencer 3 sets, em até 5 tentativas.

Time. A equipe clássica do vôlei de quadra é composta por seis jogadores, divididos em duas fileiras: três pessoas no ataque, próximos à rede, e os outros três na defesa, no fundo da quadra. Um rodízio em sentido horário acontece sempre que um time receber o saque depois de vencer um rally contra o outro.

Movimentos. O jogo se inicia com o saque, feito por quem fica na ponta direita do fundo da quadra. A manipulação da bola acontece por meio de toques (contato delicado com as mãos), manchetes (rebate com os antebraços) e cortadas (batida em alta velocidade).

Pontuação. A arbitragem irá conceder o ponto quando uma equipe lançar a bola para os adversários, por cima da rede e em até 3 toques, e fazer com que ela caia no lado oposto da quadra, sem ultrapassar os limites do espaço.

Infrações. Erros de uma equipe configuram como pontos aos adversários e acontecem quando: o jogador rival encosta na rede; o outro time faz mais de 3 toques na bola; há um toque prolongado na bola (condução); há invasão da quadra adversária; e quando uma pessoa posicionada no fundo da quadra ataca no espaço de 3 metros a partir da rede.

Imagem por Freepik

Fundada em 1994, a Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Presente em todos os estados brasileiros, a Anhanguera presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2014, a instituição passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse o site e o blog.

A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 1 milhão de estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.672 municípios, a instituição conta com 124 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 2.517 unidades, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. Para mais informações acesse o site.

 

Colaboração da pauta:

Ideal
a Hill+Knowlton company

Pierre Cruz | [email protected]

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta