As infinitas cores da sua beleza

Dolce Selfcare

Cecília Trigueiros

Vermelho e amarelo.

Foi a partir dessas duas cores que o meu professor de Marketing me ensinou o porquê da rede Mc Donald`s ter uma das identidades visuais mais fortes do mundo com o seu logo comum, mas com cores marcantes. A combinação dessas duas cores faz com que o cliente queira parar para comer algo rápido, característica muito forte dos fast food. O amarelo nos remete imediatamente ao calor, ou seja, comida quentinha.

Figura com imagens de cores de Freepik e rosto de mulher de Valuavitaly em Freepik

Assim como a famosa marca americana, a Colorimetria, ou seja, o estudo das cores também é largamente utilizado por psicólogos, arquitetos, designers, marketeiros, modistas, pintores, entre tantos outros. E claro, os Makeup Artists entre os quais eu me incluo.

No caso dos maquiadores, a análise da coloração pessoal é uma técnica que avalia o seu tom e subtom de pele para assim poder indicar as cores que mais realçam e combinam com você.

Sabe o drama para encontrar a base no seu tom de pele?

O motivo principal é porque as peles são divididas em dois grupos – as de tonalidade quente e as de tom frio.

Mas eu vou te dar uma dica de milhões:

Observe as veias de sangue do antebraço em um lugar com iluminação natural e se elas forem azuis, o sem tom de pele é frio. Se forem verdes, a sua pele é caliente, bonita!

Mas isso não é tudo, existem os subtons rosados, amarelados e oliva.

Círculo Cromático | fonte: ScamboO

A partir daí, as cores de todo o restante da make também são analisadas com a utilização do círculo cromático que é dividido em doze partes, como uma pizza, e representa as seguintes cores:

Primárias (azul, vermelho e amarelo), secundárias (verde, laranja e violeta), terciárias (vermelho-violeta, vermelho-alaranjado, amarelo-esverdeado, azul-esverdeado e azul-violeta) e as suas variações.

Basicamente, a regra geral é que o círculo revela as cores que são complementares em cada polo. Assim, as cores opostas se combinam se usadas lado a lado (análogas) e se neutralizam quando são misturadas.

Aplicando essa regra na prática, se você é daquelas que quando veste uma blusa beje, acredita que a sua sombra deve ser beje, eu recomendo você brincar bastante com o círculo cromático e descobrir que existem combinações bem mais interessantes e menos monótonas a se fazer!

E eu vou além: essa pizza colorida que eu estudei tanto ensina como neutralizar manchas, olheiras, cicatrizes, harmonizar diferentes tons de sombra, ou ainda criar um look monocromático, combinando sombra batom e blush.

Imagens cedidas por Cecília Trigueiros

Vou dar um exemplo incrível sobre contrastes e destaque da cor dos olhos: olhos azuis saltam com sombra laranja, olhos verdes são evidenciados com tons terrosos e os castanhos arrasam com cores verdes.

As possibilidades são inúmeras, como as makes neon que trabalham com combinações entre as cores primárias e assim como o logo do Mc Donald`s, transmitem ao nosso cérebro uma sensação muito inquietante e por esse motivo, são modas que vem e vão. Eu apelidei de “fast makes”.

Concluindo o tour pela roda das cores, esse estudo pode te ajudar muito quando você não sabe qual cor usar, mas o que vale é você se sentir bem. Não existem regras, a maquiagem deve sempre ser flexível e permitir que a pessoa fique confortável da forma que achar melhor.

Nos vemos na semana que vem!

Mais coloridas, talvez?

Cecília Trigueiros é formada em Marketing e maquiadora profissional e especialista em autocuidado e beleza. 

Siga Cecília no Instagram!

Os artigos assinados não traduzem ou representam, necessariamente, a opinião ou posição do Portal. Sua publicação é no sentido de estimular o debate de problemas e questões do cotidiano e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta