Roubo de identidade: o golpe que pode colocar suas contas e de seus contatos em risco

Estudo mostra que 35% das pessoas na América Latina não sabem como seus dados são coletados online

Por Henrique Chagas

Uma das técnicas de fraude que podem colocar em risco sua segurança, de seus amigos ou familiares é o “roubo de identidade”. Trata-se de um golpe em que alguém hackea uma conta, ou cria uma nova, com a identidade de outra pessoa, para depois solicitar empréstimos, informações pessoais ou realizar convites fraudulentos em seu nome. Na Bitso – a empresa de serviços financeiros baseados em cripto líder da América Latina – compartilhamos mais detalhes dessa prática com a finalidade de detectar e se proteger desses golpes. 

Esse tipo de fraude também pode ter como objetivo convidar outras pessoas a realizar um negócio ou a investir dinheiro ou criptomoedas, com a promessa de grandes retornos, através de páginas fraudulentas ou com produtos que não estejam no mercado. Por isso, é importante verificar a origem e veracidade de qualquer convite recebido pelas redes sociais, mensagens ou e-mails, mesmo quando parece vir de uma pessoa conhecida. 

Uma das práticas recorrentes é a criação de perfis falsos de figuras públicas ou pessoas famosas, que ajudam a dar uma suposta credibilidade para o golpe. Outro exemplo comum é o hackeamento de contas com pouca segurança ou por meio de links maliciosos. O criminoso toma controle de uma conta real e se passa por essa outra pessoa para solicitar empréstimos ou obter dados privados. 

Um estudo da Kaspersky – empresa global de cibersegurança e privacidade digital – mostra que 35% das pessoas na América Latina não sabem como seus dados são coletados online e nem que ferramentas podem ajudar a blindar melhor sua informação, tornando-as vulneráveis diante deste tipo de prática.

Imagem de Freepik

Alguns conselhos para evitar ser vítima desse tipo de golpe são: 

Colocar senhas fortes e autenticação de dois fatores: para evitar que alguém tome o controle de alguma de suas contas, é importante manter padrões altos de segurança com senhas diferentes para cada aplicativo ou página, assim como buscar métodos de autenticação de dois fatores, como SMS, aplicativos geradores de código e outras opções disponíveis, de acordo com cada rede social ou site. Manter o controle das suas contas evitará o mal uso de seus dados e protegerá sua informação.

Evitar entrar em links desconhecidos ou suspeitos: não entre em qualquer link não solicitado ou que pareça estranho. Isso evitará que você seja vítima de phishing, uma prática que pode colocar em risco suas informações. Também é importante ter instalado e atualizado um antivírus que detecta qualquer atividade maliciosa e te proteja de malwares

Desconfie de convites ou ofertas não solicitadas: se receber um link de qualquer pessoa pública, veja se o perfil está verificado e investigue se, realmente, é a pessoa que diz ser. Não é comum que artistas, diretores de empresa ou empresários entrem em contato diretamente com as pessoas para propor negócios ou ofertas de investimento. Caso seja alguém que você conheça, tente contactá-la por outro meio que te permita confirmar sua identidade. 

Bloqueie e denuncie perfis falsos: ao detectar uma conta que está se passando por outra pessoa, o melhor é bloquear para que ela não tenha mais acesso às suas informações. Além disso, denuncie o perfil para evitar que engane mais usuários. A maioria das redes inclui opções específicas para denunciar esse modus operandi.

Reconhecer esse tipo de fraude te permitirá proteger suas informações pessoais e seu patrimônio, evitando cair nesse tipo de golpes digitais. Também é importante cuidar da informação que você compartilha através da internet, para evitar que façam mau uso dela. 

Henrique Chagas é Gerente Sênior de Prevenção à Fraude da Bitso

Bitso é a empresa líder da América Latina em serviços financeiros baseados em cripto, com uma comunidade de mais de 8 milhões de usuários e 1.700 clientes institucionais. A Bitso oferece uma ampla gama de produtos: desde uma plataforma digital segura e fácil de usar para obter rendimentos, fazer transferências e pagamentos internacionais, assim como converter e armazenar uma variedade de mais de 50 criptomoedas, até produtos baseados em cripto para clientes institucionais, incluindo investimentos, transações e pagamentos internacionais com criptomoedas; hedge e otimização de fluxo de caixa com stablecoins; e Cripto como Serviço (CaaS).

Fundada em 2014, com mais de 500 funcionários em 35 países diferentes, a Bitso está trabalhando para tornar cripto útil e habilitar todo o poder de produtos financeiros sem fronteiras, seguros e acessíveis. A Bitso está comprometida em empoderar a região, fornecendo acesso universal à economia digital do futuro e promovendo um sistema monetário mais justo. Para saber mais sobre a Bitso, visite bitso.com/br #makecryptouseful

Colaboração da pauta:

NR7 | Full Cycle Agency

Beatriz Araújo | [email protected]

Publicidade Dolce Morumbi

Assine nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

Garanta a entrega de nossa Newsletter em sua Caixa de Entrada indicando o domínio
@dolcemorumbi.com em sua lista de contatos, evitando o Spam

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta