Há um universo de possibilidades em você mesma

Pamela Magalhães

CRP : 06/88376

A Psicóloga Pamela Magalhães escreve nesta coluna quinzenalmente respondendo a perguntas enviadas por leitores e leitoras ao e-mail [email protected].
Você pode enviar suas perguntas para a Pamela também através do formulário ao final desta página.
São selecionadas três perguntas e a
s pessoas que tiverem as suas escolhidas, tem suas privacidades totalmente preservadas.

Dolce Morumbi

Observe as oportunidades que a vida lhe oferece para você olhar para a sua individualidade

Sofri uma traição do meu esposo, temos dois filhos, e hoje ele faz tudo pra me agradar !! Mas quando lembro dói !! Somos casados há 19 anos, passamos 9 anos namorando e ele foi meu primeiro namorado !! Beijo grande no coração. Deus abençoe sua vida e seus projetos (P.L.S.)

Traição é sempre dolorida. Abala nossa confiança, nos faz questionar o vínculo, nos sentimos vulneráveis e em muitos casos buscamos um culpado para canalizar a tensão para algum lugar. Acreditamos que o problema esteja em nós, encontramos mil defeitos na gente e a partir daí, na grande maioria dos casos, vivemos um receio constante de novamente sermos traídos ou discutimos infinitamente sobre ele, pela dificuldade de sepultá-lo. Cada caso é um caso, mas se a decisão do casal é continuar junto, que possa ser conversado e recontratada a relação. Esquecer, seria pedir o impossível, mas superar, virar a página e entender esse episódio como um reflexo de algo que não ia tão bem na relação, pode ser um caminho para o crescimento mútuo e reinvenção da vida a dois.

Conheci ele num chat, foi uma atração imediata, ele RS e eu CE. Ele disse me amar mas dias depois terminou pondo culpa na distância. Eu 44 ele 28. Eu P. envolvida até o talo, inteira, doação total, mas como ele me dispensou acabei ficando com outra pessoa para esquecer. Ele soube e não me perdoou mesmo sabendo que éramos amigos íntimos, ele me cobrou fidelidade por não ter falado antes sobre o rapaz. Enfim, eu sofro por gostar e ele me esnoba, bloqueou, não perdoou e eu estou muito mal, tentei tudo pra reverter, comprei passagem pro Sul mas ele diz que não vai me ver. Estou sem forças porque acho que amo sem medida e ele maltrata sem fim. Custava me receber na cidade, conversar e limpar esse prato juntos? (P.F.)

Algumas pessoas não conseguem se apropriar de seus sentimentos e se posicionarem de forma coerente àquilo que se propuseram. Se desorganizam com seus invisíveis e acabam sempre projetando no outro, o que sempre foi delas. Por algum motivo, ou vários deles, esse homem não estava inteiro na relação, quando “te dispensa” (como você usou) cria uma ilusão de se desligar, sem que você faça o mesmo. E ao saber que você ficou com uma outra pessoa, usa isso para justificar o afastamento total. Não adiantaria mesmo ir a nenhum lugar ou fazer nada para que ele mude de ideia. Ele escolheu pensar assim para justificar essa postura e se apoiar nisso para não assumir sua dificuldade de bancar a relação.

Sou casada faz 20 anos, tenho 40 anos. Tenho 3 filhos, eu sinto que meu marido está frio, distante. Ele sempre trabalhou fora em outra cidade, me trata com indiferença, sem o mínimo de responsabilidade afetiva! Gostaria de alguns conselhos. Obrigada! (M.I.)

Querida, 20 anos não são 20 dias e vocês têm uma história imensa juntos. São infinitas as razões para seu marido estar distante e para que você consiga compreender melhor, precisa procurá-lo algumas vezes para conversarem e se ele se mostrar resistente, coloque como isso está a deixando triste e abalando o relacionamento. Aproveite para pensar em você, foque em si mesma, no que tem feito da sua vida, o quanto vem se cuidando, se resgatando. Será que não é uma oportunidade que a vida está te oferecendo para você prestar atenção à sua individualidade? Se cuide, se ame, se valorize. Seu marido não é a sua vida, ele faz parte dela. Há um universo de possibilidades em você mesma e também á fora, para você se nutrir de tudo aquilo que merece.

Photo by Allef Vinicius on Unsplash

Para a Pamela, seus sentimentos são a sua história.

Quer enviar sua pergunta para a Pamela? Preencha o formulário abaixo ou envie para o e-mail
[email protected]
Três perguntas são selecionadas a respondidas a cada quinzena

Participe! Envie seu comentário ou sua pergunta para Pamela.

Pamela Magalhães é Psicóloga, Especialista Clínica e Terapeuta de Casal e Família.
Bastante influente nas mídias em geral, ficou conhecida como Especialista em Relacionamentos pelos seus quadros no Programa Mulheres da Tv Gazeta e Tribuna Independente da Emissora Rede Vida e movimenta uma rede de seguidores de mais de 630K nas redes sociais em especial no instragram como @psipamela
Além de comentarista de comportamento e Psicóloga Clínica, realiza palestras em todo Brasil e comanda o podcast Coração Peludo na plataforma da Jovem Pan. CRP:06/88376

Imagem destacada da Publicação:

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Artigos recomendados