“Faces Femininas “ traz em lives cinco monólogos clássicos

Grupo Teatral Corrente produz primeira peça em formato de live. "Faces Femininas" é o título do espetáculo dividido em cinco monólogos clássicos

No mês das mulheres, o novo projeto do Grupo Teatral Corrente traz cinco monólogos inspirados em personagens femininas de textos clássicos, e já tem data de estreia. Serão quatro lives nos dias 18, 19, 20 e 21 de março, sempre com um bate papo no final entre uma atriz e um convidado para discutir os temas e personagens abordados e suas relações com os tempos atuais.

“É a primeira vez que nos apresentamos por streaming, formato encontrado durante a pandemia para dar continuidade a projetos culturais. O desafio é gigantesco, mas não podemos parar, especialmente neste momento de distanciamento social, em que as pessoas buscam acalento na arte”, comenta Edgar Benitez, diretor no Grupo Teatral Corrente.

As personagens livremente inspiradas em “Santa Joana dos Matadouros”, “Medeia”, “Um Bonde Chamado Desejo”, “Os sete gatinhos” e “Salomé”, questionam a humanidade e a linha tênue entre o amor e a loucura e se misturam no grandioso e trabalho artesanal que são os figurinos e cenários criados por Angela Schoendorfer, a partir de insumos recicláveis e reaproveitados. Cada detalhe minucioso da artista, leva o público para uma viagem no tempo, e os monólogos para reflexões pessoais e em sociedade.

Faces Femininas

Link da transmissão: https://www.facebook.com/edgar.benitez.94

Datas: 18, 19, 20 e 21 de março

Horário: 20h

Ficha técnica:

Roteiros: inspirados em personagens das obras de Eurípedes, Bertold Brecht, Nelson Rodrigues, Oscar Wilde e Tennessee Williams

Direção: Edgar Benitez

Elenco: Ariane Hipólito, Joice Tavares, Lauanna Andrade, Lívia Cardoso e Regina Hennies

Figurino e cenografia: Angela Schoendorfer

Direção produção: Edgar Benitez

Produção executiva: Angela Schoendorfer, Joice Tavares e Lívia Cardoso

Apoio de produção: Andréa Gherini, Beatriz Schoendorfer, Glauco Pizzini e Juliano Carvalho

Operação de luz: Lívia Cardoso

Apresentação live: Lauanna Andrade

Edição e transmissão live: Fernanda Giacomini

Criação gráfica: Diogo Duarte

Registro fotográfico: Fernanda Bizon

Relações públicas: Ariane Hipólito

Realização: Grupo Teatral Corrente

Com início em 2015 a partir de um projeto de Edgar Benitez para o Teatro Safra, com a apresentação de “Macbeth” que reuniu atores e profissionais do meio artístico e de lá para cá não houve pausa. Em 2016, estrearam Cinderela Pervertida, em cartaz por cinco meses e apresentação extra na Fábrica de Cultura de Brasilândia; no mesmo ano, o grupo criou um canal de humor no Youtube, chamado Bello Efeito. Em 2017 deram continuidade à comédias com “O que Terá Acontecido com Nayara Gloria” e “A Vida Secreta de uma Estrela Pornô”. Em 2018 e 2019 trabalharam o lúdico, com “Estação Primavera: Contando poemas de Casimiro de Abreu”. O grupo pesquisa partituras corporais para criação de cenas e utilizam de materiais recicláveis e reaproveitáveis para criação de figurinos e cenários.

Colaboração da pauta:

VCRP Brasil

Ariane Hipolito
[email protected]
+55 98 9247 8669

Imagens destacadas na Publicação

Divulgação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Anterior
Próximo
Slider

Artigos recomendados