Arte Barroca

Dolce Arte

Amanda Sanzi

Venha conosco! 

Uma viagem à Itália, berço do movimento artístico Barroco. 

O Barroco (pérola irregular), foi um movimento artístico que surgiu na Europa no final do século XVI e se difundiu para a América Latina. 

Caracterizado pela dualidade entre o antropocentrismo e teocentrismo, o Barroco permaneceu vivo no mundo das artes até as primeiras décadas do século XVIII.

O movimento se apresentou como uma arte religiosa que tinha a missão de difundir a fé católica, foi um movimento ensaiado pela Igreja Católica que visava difundir os ensinamentos religiosos por meio da arte. Os vestígios do catolicismo refletiam claramente nas produções do período, na arquitetura, nas artes plásticas e na literatura. 

A partir de então, o barroco europeu se desenvolveu como uma arte religiosa genuína do catolicismo, proporcionado a construção de grandes catedrais, igrejas, palácios, capelas e esculturas de santos.

As principais características da arte barroca além do dualismo, a riqueza de detalhes e o exagero. Seu caráter realista e detalhista tem a capacidade de mexer com o emocional do espectador.

Os aspectos realistas desse estilo podem ser observados na pintura, onde nota-se um contraste de claro e escuro, intensificando a noção de profundidade. Além disso, o jogo de luz conduz o olhar do espectador à cena principal.

As obras barrocas romperam o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência, que os artistas renascentistas procuraram realizar de forma muito consciente; na arte barroca predominam as emoções e não o racionalismo da arte renascentista.

Foi uma época de conflitos espirituais e religiosos. O estilo barroco traduz a tentativa angustiante de conciliar forças antagônicas: Bem e Mal, Deus e Diabo, Céu e Terra, Pureza e Pecado, Alegria e Tristeza, Paganismo e Cristianismo, Espírito e Matéria.

O uso da técnica do chiaroscuro é uma característica bem conhecida da arte barroca. Essa técnica se refere à interação entre a luz e a escuridão e é frequentemente usada em pinturas de cenas pouco iluminadas para produzir uma atmosfera dramática de alto contraste. 

Caravaggio é considerado o precursor do movimento e é conhecido pelo trabalho caracterizado pela dramatização na ação notória dos personagens em sua obra.

A Luz: a característica principal da pintura barroca.

Aqui descrevo alguns dos principais artistas deste magnífico movimento. 

“Morte da Virgem” | Caravaggio, Public domain, via Wikimedia Commons
Coroação de Espinhos | Dudva, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
Narcissus | Caravaggio, Public domain, via Wikimedia Commons

Diego Velázquez (1599-1660) na cidade de Sevilha, no sul da Espanha, foi um pintor barroco espanhol considerado um dos expoentes máximos da pintura espanhola, conhecido como um dos mais importantes retratistas espanhóis e representantes do Barroco Europeu. 

As Meninas (1657) | Diego Velázquez, Public domain, via Wikimedia Commons

Na Itália, tem destaque o trabalho de Gian Lorenzi Bernini (1598-1680). Ele é considerado o artista inaugurador do Barroco. Teve grande importância por ser arquiteto, urbanista, escultor, decorador e pintor. Suas obras podem ser vistas em Roma.

O Êxtase de Santa Teresa | Gian Lorenzo Bernini, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
Detalhe da escultura

O artista holandês Rembrandt Harmenszoon van Rijn nasceu dia 15 de julho de 1606, em Leiden, Holanda foi um nome famoso pelo uso expressivo da luz e sombra nas composições, conhecido por estilo iluminista. Ele explorava todos os aspectos que a luminosidade pode oferecer, como os contrastes, meios-tons, penumbras e luzes fortes.

A lição de anatomia do Dr Nicolaes Tulp (1632) | Rembrandt, Public domain, via Wikimedia Commons

Nascido em 31 de outubro de 1632, em Delft, nos Países Baixos, Johannes Vermeer, trabalhava mais a iluminação intensa. As cenas retratadas em suas telas costumavam ter bastante claridade e tinham como mote a vida da burguesia holandesa.

Moça com brinco de pérola (1665) | Johannes Vermeer, Public domain, via Wikimedia Commons

Arquitetura Barroca Brasileira

A grande produção barroca de artistas brasileiros ocorreu nas cidades auríferas de Minas Gerais, (século XVIII). Essas cidades eram ricas e possuíam uma intensa vida cultural e artística.

Algumas destas cidades receberam, inclusive, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Antônio Francisco Lisboa, 1730-1814, mais conhecido como Aleijadinho, foi o principal artista do barroco brasileiro. Nasceu em Ouro Preto, Minas Gerais e foi um importante escultor, entalhador e arquiteto do Brasil Colonial.

Aleijadinho

Aleijadinho foi um expoente da arte brasileira religiosa. Ele deixou um legado magnífico, composto por inúmeras obras, na maioria, religiosas.

Em seus trabalhos de arquitetura barroca, Aleijadinho imprimiu as características do povo, incluindo sua miscigenação.

Imagem por Hikaru Barata, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
A subida do Calvário | Aleijadinho, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

Ele optou por uma linguagem rebuscada e detalhista, que expressavam, acima de tudo, as emoções da vida e do ser humano.

Suas estátuas eram sempre feitas em pedra-sabão ou madeira. As figuras apresentavam cabelos encaracolados, queixo dividido e uma feição de tristeza e sofrimento.

Arquitetura barroca: Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto-MG | Jeronimo.belmont, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

O arte barroca possui muitos valores religiosos, culturais, históricos e estéticos. 

Muitas obras barrocas, principalmente na arquitetura, além de pinturas e esculturas, existem até hoje como legados do Barroco no Brasil e são considerados, inclusive, Patrimônio da Humanidade. 

Escrever sobre este tema especificamente deste movimento artístico é dispor de centenas de páginas em mínimos detalhes, desta forma, espero que tenham gostado dos principais pontos lembrados com muita cautela e pesquisa neste artigo. 

Abraço apertado!

Até a próxima leitura!

Respire Arte!

Amanda Sanzi é artista visual, moradora do Morumbi e expressa sua compreensão do mundo através de suas obras!

amandasanzi.com

Imagem destacada da Publicação

Coroação de Espinhos | Dudva, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-julho21-banner-(1)
vinheta-julho21-banner-(2)
vinheta-julho21-banner-(3)
vinheta-julho21-banner-(4)
vinheta-julho21-banner-(5)
vinheta-julho21-banner-(6)
vinheta-julho21-banner-(7)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados