Inovar sempre é preciso, ainda mais nas ceias de fim de ano!

Os pratos tradicionais são bem-vindos, mas e se puderem ser repaginados, mais saudáveis e capaz de agradar a todos? Fique por dentro de dicas nutricionais fáceis e que todos podem fazer

Adotar novos hábitos até que eles se tornem parte do nosso dia a dia também é algo que conseguimos realizar durante as festividades de fim de ano, sabia? Afinal, todo o esforço nos 12 meses anteriores pode e deve valer a pena com receitas que tragam a tradição do Natal e do Ano-Novo de uma forma diferenciada, cheia de sabor e rica em nutrientes. Quer saber como promover substituições e provocar uma verdadeira revolução na família? Então, anote as dicas da Danielle Toledo, nutricionista do Grupo Conexa:

Na farofa: bacon por oleaginosas

A chave é priorizar as gorduras saudáveis presentes nas nozes, castanhas, amêndoas, avelãs e pistaches, que, ao contrário da propriedade do bacon, cuidam do coração, combatem os radicais livres, protegem os ossos, articulações e ainda conferem sabores requintados ao prato, bem como a crocância.

Salpicão levinho

Já pensou em utilizar iogurte integral ou desnatado no lugar da maionese para envolver os ingredientes do salpicão? Pois é, não só é possível como, também, benéfico! O iogurte é fonte de cálcio, cuidando dos ossos, regulando a flora intestinal e combatendo infecções.

Arroz cheio de sabor

Que tal repaginar o prato que, muitas vezes, leva bacon e calabresa? O primeiro passo é substituir o grão tradicional pelo integral e cozinhá-lo com cenoura, vagem, brócolis, uva-passa (caso a família goste) e pimentão vermelho. Uma outra opção é substituir o arroz pela quinua cozida, que é rica em proteína de boa qualidade e tem menos carboidrato.

Litros de refrigerante? Não! É a vez dos sucos!

Vamos ao mercado fazer a compra para a ceia e acabamos colocando no carrinho, meio que automaticamente, o refrigerante. Que tal quebrar esse hábito e oferecer aos seus convidados sucos de frutas vermelhas ou cítricas? Ambas as opções são ricas em vantagens. As frutas vermelhas, por exemplo, são fontes de antioxidantes, reduzem o colesterol ruim e previnem o envelhecimento precoce. Já as cítricas (laranja, limão e abacaxi), além de refrescantes, mantêm a pele bonita e hidratada, melhoram a hidratação do organismo e atuam no funcionamento da flora intestinal.

Proteínas estão liberadas

A variedade de carnes magras, como peru, bacalhau, lombo e frango, certamente será a protagonista da sua festa. Logo, com tantas opções de proteínas, o interessante é optar por um consumo em uma quantidade maior do que de carboidratos, como arroz, farofa e batatas.

A vez do docinho

Sabe aquela rabanada deliciosa, que comemos somente no fim de ano? Pois é, não precisa removê-la do cardápio! O que você pode fazer é alterar o preparo. Ao invés de fritá-la, opte por assá-la.

E se você ama uma musse de chocolate, o creme de leite pode facilmente ser substituído pelo abacate e os pedaços de chocolate por cacau puro.

E, para que possamos ter boas escolhas, a Dra. Danielle também traz dicas adicionais, que trazem saciedade e ajudam a não sentir desconfortos no dia seguinte:

  • “Caprichar nas saladas é uma estratégia para evitar os exageros durante a noite. Com fibras e vitaminas, elas vão ajudar a regular a sua fome. Outro ponto interessante é comer regularmente durante o dia, sem deixar o famoso espaço para se acabar na ceia. Isso fará com que você consuma somente o necessário”, destaca;
  • Aliás, parte do processo de saciedade também se dá na dica de ouro de comer com atenção, evitar utilizar o celular, sentir o sabor do alimento e estar livre de culpas. “Não será a ceia de Natal ou Ano-Novo que destruirá os seus esforços em uma alimentação saudável de 12 meses. Porém, essas ações ajudam o organismo a entender o que está sendo ingerido e auxiliar no processo de alimentação, sem compulsão”, completa;
  • Apreciar de forma moderada os petiscos e entradas, como queijos, azeitonas, salames e outros alimentos calóricos, é uma atitude que pode permitir o consumo de cada prato, sem problemas;
  • Bebidas alcoólicas, como o champagne, o vinho e a cerveja, costumam fazer parte das festividades, mas o importante é apreciá-los com moderação. “Lembre-se de intercalar a ingestão da bebida com água, mantendo o corpo hidratado e evitando a ressaca no outro dia. Além disso, dê preferência aos fermentados, pois têm um teor alcoólico menor que o dos destilados”, orienta;
  • A profissional também enaltece que a ingestão de chás pós-ceia, como camomila, hortelã, erva-cidreira e raspas de gengibre, alivia a sensação de estômago cheio e acelera o processo digestivo de alimentos que podem gerar desconforto.

Em linhas gerais, passar as festas de fim de ano sem excessos é a principal recomendação. “Desfrutar de momentos prazerosos não depende somente de uma maneira de cozinhar ou comer, mas, também de agir. As opções saudáveis podem e devem ser incorporadas em seu dia a dia e fazem parte de uma verdadeira reeducação alimentar!”, finaliza a Dra.

Player de saúde digital, o Grupo Conexa cuida de cerca de 20 milhões de pacientes com a parceria de 70 mil profissionais de saúde, em mais de 30 especialidades.

Fundada no Rio de Janeiro, em 2016, como uma clínica de saúde voltada à atenção primária, reformulou seu modelo de negócio em 2017 e se tornou uma plataforma de telemedicina, com a missão de revolucionar o acesso à saúde de qualidade, tornando a jornada e a experiência do paciente mais fácil, segura e humanizada.

Em 2020, adquiriu a iMedicina, desenvolvedora de software de médicos, prontuário eletrônico e líder em atração e fidelização de pacientes. Em março deste ano, uniu-se à Psicologia Viva, maior empresa de saúde mental da América Latina.

A companhia faz parte da Saúde Digital Brasil (SDB) e tem como clientes, hospitais, operadoras de saúde, laboratórios, além de grandes instituições do varejo e do setor financeiro, como Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Magazine Luiza, Seguros Unimed, Intermédica, entre outras. Saiba mais em https://www.conexasaude.com.br/

Colaboração da pauta:

Bowler – Digital-First Communication

Juliane Meire
[email protected]
+55 11 97658 6918

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-dolce-setembro21-banner-(1)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(2)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(3)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(4)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(5)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(6)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(7)
vinheta-dolce-setembro21-banner-(8)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!