Comunicação cookieless, CTV e posicionamento das marcas impulsionam mudanças no setor

Marketing & Mercado

Oferecimento 

Imagem de upklyak no Freepik

Por Daniela Galego

Não é novidade para ninguém o quanto o comportamento dos consumidores vem se transformando dia após dia e, para seguir essas mudanças, é fundamental que as marcas estejam atentas às movimentações em seus segmentos de atuação. Com isso, a publicidade digital também tem ganhado destaque entre as principais estratégias das empresas. Afinal, é imprescindível que os consumidores criem conexões genuínas e se sintam representados pelas marcas em que confiam em todos os ambientes.

Mas qual a melhor forma de atrair a atenção do seu público por meio de campanhas e anúncios? Bom, eu diria que não existe uma fórmula mágica, mas, sem dúvida alguma, investir em publicidade digital e em estratégias de marketing é um dos melhores caminhos para quem deseja despertar o interesse do público e, consequentemente, gerar potenciais leads.

De acordo com o estudo realizado pelo Cenp-Meios, os investimentos em publicidade no Brasil chegaram a R$ 8,3 bilhões no primeiro semestre de 2022. Além disso, a pesquisa revela um bom cenário para o mercado, visto que o segundo semestre deste ano conta com um calendário significativo para as empresas, principalmente com a chegada da Copa do Mundo e datas comemorativas que movimentam o comércio, como é o caso da Black Friday e do Natal. 

De modo geral, o mercado compreende a importância do marketing para impulsionar seus negócios. O que é muito bom para as marcas, já que é fundamental que as companhias saibam se comunicar com seus consumidores de forma simples e genuína. Para isso, as organizações podem (e devem) apostar em mensagens de anúncios e estratégias de segmentação, acomodando mudanças no comportamento de consumo e, consequentemente, na jornada de compra, por conteúdos que reflitam o estilo de vida e estado emocional do consumidor. 

Segundo o relatório “Human Advertising Insights“, produzido pelo Yahoo Brasil, em parceria com a MMA Latam, as principais tendências que irão nortear a conexão entre marcas e consumidores estão ligadas à publicidade digital. Entre elas, temos a consolidação das TVs Conectadas (CTVs) e demanda Over The Top (OTT).

Isso porque, os padrões de consumo vêm passando por uma transformação acelerada, partindo de um consumo linear e centrado, agora, na TV para uma ascensão das plataformas Advertising Video On Demand (AVOD). Ainda segundo o mesmo estudo, 74% dos entrevistados possuem smart TV, e essa atividade de lazer é uma das três mais frequentes no ambiente digital, uma vez que possibilitam que o consumidor final tenha autonomia para decidir sobre o tipo de conteúdo que quer consumir, no horário e programação que for mais conveniente. 

Só para se ter uma ideia, nos últimos seis meses, 68% dos usuários assistiram algum conteúdo via website ou por meio de serviços de streaming (em qualquer dispositivo) no âmbito digital. Com isso, a maturidade da CTV e das plataformas de OTT são classificadas como nova fronteira para mídia e marketing.

Além disso, com o conceito omnichannel cada vez mais em alta, as experiências híbridas seguem ganhando o coração dos clientes, já que é possível personalizar a jornada de compra dos usuários, além de permitir que os consumidores tenham acesso às multiplataformas de uma empresa. 

Outro ponto importante que deve ser levado em consideração é o fato de que, com o prazo estendido para o fim dos cookies, o conceito de privacidade está sendo constantemente questionado e ressignificado diante das inovações digitais. Falo isso porque 50% dos entrevistados da pesquisa “Human Advertising Insights” sabem o que são “cookies”, porém, muitos não sabem o motivo pelo qual as marcas os utilizam. Além disso, com a questão da LGPD e das políticas de privacidade sendo mais discutidas, é imprescindível que os consumidores tenham clareza de como os seus dados estão sendo utilizados pelas empresas. 

Com todos esses caminhos mencionados acima, só temos certeza de uma coisa: o mundo está mudando e as marcas precisam acompanhar as novidades em seus segmentos de atuação para não ficarem para trás. Afinal, os consumidores querem (e optam) por marcas que levam em consideração as preferências de seus clientes. Por isso, o momento de inovar é agora!

Daniela Galego é Head of Sales no Yahoo Brasil

Colaboração da pauta:

Oliver Press – Innovation and Diversity PR

Grasieli Aline de Souza
[email protected]

Os artigos assinados não traduzem ou representam, necessariamente, a opinião ou posição do Portal. Sua publicação é no sentido de estimular o debate de problemas e questões do cotidiano e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo

Este artigo é um oferecimento de Touchédigital Marketing OnLine
Inteligência em Marketing Digital

abrakadabra-banner
touche-presenca-online-jan21-(2)
touche-presenca-online-jan21-(3)
touche-presenca-online-jan21-(4)
touche-presenca-online-jan21-(5)
presenca-online-campanha-touche (6)
Anterior
Próximo

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (1)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (2)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (3)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (4)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (5)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (6)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (7)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (8)
vinheta-janeiro-2012-banner-v1 (9)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados

Ainda não há comentários. Deixe o seu abaixo!


Deixe uma resposta