Dia do consumidor. O que queremos ver?

Cinara de Liz

Ontem foi o dia do consumidor e as redes sociais mostraram muitos estabelecimentos saudando seus clientes. Lindas mensagens depois de tantos meses com pouco ou nenhum contato, nossos estabelecimentos estão aos poucos retomando suas atividades, com todas as exigências além das praticadas antes da pandemia, tudo com muita atenção para atender da melhor forma possível.

Mas o que nós consumidores, clientes queremos? Antes de conhecer um novo lugar ou até mesmo voltar à um lugar que não é de costume, usamos a web para pesquisar informações como sites de busca e redes sociais.

Obviamente que, não ter telefone de contato, WhatsApp, endereço, site ou redes sociais, deixa o consumidor à deriva e até muitas vezes frustrado, assim como se os dados estiverem desatualizados.

O que mais agrada aos nosso olhos são as imagens com suas cores e suas produções que transmitem a percepção do tipo de experiência que podemos ter. “Uma imagem vale mais que mil palavras” como diz o ditado popular. Algo que muitos precisam melhorar, apesar de vários tutoriais disponíveis e profissionais especializados.  Uma foto do prato de cima e outra mais aproximada já ajudam bem a perceber a proposta. Imagens do local, das acomodações, ambiente, também são bem apreciadas.

A descrição dos pratos, opções para quem tem restrições, versões de pratos tradicionais, informações de preparo, temperos, enfim tudo que nos deixa satisfeitos para tomar a decisão de consumir ou não.

Quanto mais clara a proposta do lugar, maior a probabilidade de uma experiência assertiva, com seu perfil de cliente pois, não tem certo ou errado, salvo algumas exceções em que o erro é muito evidente, acreditamos que tudo que nos oferecem tem qualidade. Qualidade é obrigação do lugar e não diferencial.

Um cardápio atualizado com valores, disponível na web ou para quem chama no WhatsApp é imprescindível, mas nem todos gostam de enviar ou publicar na web. Cada um com seus motivos, o importante é atender bem na hora que acontece o despertar da vontade do cliente.

Um outro ponto importante é o atendimento telefônico. Ser atendido por alguém com uma voz agradável, gentil e que conhece as opções oferecidas, ganham ponto com a clientela. Presencial então nem se fala! Que delícia ser recebido com sorrisos, com atenção e respeito.

Acredito ter abordado alguns pontos importantes para quem deseja se apresentar aos consumidores. Outras questões podemos comentar em uma próxima matéria. Escreva para Dolce, acompanhe nossos artigos e participe da vida do nosso bairro. Quanto à nossa gastronomia? Estamos a cada dia melhor servidos.

Parabéns consumidores e vamos aproveitar toda essa comida boa!

Cinara de Liz é moradora do Morumbi e conhece muitos lugares para se comer no bairro.

Imagem Destacada po Sandra Seitamaa

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Artigos recomendados