Tecnologia reduz custos e otimiza rotinas na gastronomia

A transformação digital tem sido uma grande aliada do setor gastronômico, principalmente neste momento de pandemia, onde é preciso reduzir custos e fortalecer o caixa em busca de superação e crescimento.

Além disso, com a tecnologia é possível automatizar processos, focando na atividade-fim, e com isso ganhar qualidade. Também é possível entender melhor o cliente, atender suas demandas mais urgentes e até mesmo criar tendências baseadas nos seus gostos.

Um exemplo vem da Batata Dipz, com lojas na grande São Paulo e em São José do Rio Preto (SP). A rede utiliza há cerca de 18 meses um sistema que trouxe inúmeras vantagens ao empreendimento, como a redução no custo dos produtos e, consequentemente, ganho em competitividade de preços no mercado.

“Temos mais controle sobre as operações, levantamos dados de maneira mais rápida e assertiva. Fizemos um projeto interno de redução de CMV (Custo de Mercadoria Vendida), que só foi possível graças ao uso de tecnologia. Conseguimos derrubar nossos preços em 3%, apenas apurando os números, controlando desperdícios e erros de posicionamento”, explica Luiz Augusto Fochi Golin, fundador, sócio e diretor da rede.

Operacionalmente isso foi possível porque a tecnologia proporciona maior controle dos insumos, desde o recebimento de mercadoria, inventário, até a saída, e com isso realiza os cálculos de custos, tudo por meio de uma interface simplificada e amigável.

Divulgação

De acordo com o CCO da ACOM Sistemas, empresa de Curitiba (PR) que forneceu a solução em gestão para a rede Dipz, a plataforma, intitulada ERP Everest, ajuda em outras etapas do negócio, como a automatização das rotinas financeiras. Com a ferramenta é possível economizar tempo, ter menos profissionais envolvidos nos processos e contar com demonstrativos periódicos que auxiliam diretamente na tomada de decisões. Isso tudo com uma estrutura de hospedagem em nuvem, possibilitando acesso remoto ao servidor.

“Com isso ganhamos também agilidade, pois podemos acessá-la em qualquer computador, em qualquer lugar do mundo. A navegação é por abas, bastante intuitiva e similar a dos navegadores web. Rapidamente e com menos cliques as rotinas financeiras são automatizadas, como conciliação bancária e conciliação de recebíveis de cartões. Antes demorávamos dois dias para concluir essas tarefas referentes a um final de semana, e com o EVEREST passamos a fazê-las em meio período”, conta o fundador da rede Dipz.

Ainda segundo Luiz Golin, a flexibilidade também possibilita aos colaboradores da rede Batata Dipz o trabalho em modelo home office, com toda a equipe tendo acesso ao sistema. “O ano de 2020 nos obrigou a encontrar novas formas de trabalhar. Redução de custos, captação de recursos para fortalecer o caixa e renegociações com fornecedores se tornaram rotina. Tudo isso foi mais simples com a utilização da ferramenta. Estou otimista para 2021, mas acredito em uma retomada tímida. Na segunda metade do ano as coisas começarão a fluir mais naturalmente, para entrarmos em 2022 com uma retomada sólida”, prevê o empresário.

Eduardo Ferreira da ACOM Sistemas

Colaboração da pauta:

Engenharia de Comunicação

[email protected]

Este artigo foi sugerido por Touchédigital Marketing OnLine
Inteligência para Marketing

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

banner-vinheta-dolce-jan21-(1)
banner-vinheta-dolce-jan21-(2)
banner-vinheta-dolce-jan21-(3)
banner-vinheta-dolce-jan21-(4)
banner-vinheta-dolce-jan21-(5)
banner-vinheta-dolce-jan21-(6)
banner-vinheta-dolce-jan21-(7)
banner-vinheta-dolce-jan21-(8)
banner-vinheta-dolce-jan21-(9)
banner-vinheta-dolce-jan21-(10)
banner-vinheta-dolce-jan21-(11)
banner-vinheta-dolce-jan21-(12)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados