O que não podemos negar aos nossos filhos

Educação

por Claudia Alaminos

Como pais queremos dar tudo o que estiver ao nosso alcance aos nossos filhos, não é mesmo? Queremos sempre que nossos filhos tenham mais do que tivemos. Tenho visto que muitos pais se preocupam e investem para que seus filhos tenham uma autoestima elevada.

Certamente que uma boa autoestima é fundamental, entretanto, precisamos estar atentos e possibilitar a construção de um equilíbrio entre a elevação da autoestima dos nossos filhos e a clareza de que existem limites que são inegociáveis. Isso mesmo, a construção do equilíbrio entre auto-estima e limites é fundamental e não pode ser delegada nem à escola, nem à babá ou qualquer outra pessoa. Difícil? Sim. Mas absolutamente necessário.

Uma pessoa com boa autoestima tem identificação e avaliação positivas de si mesma, inclusive quando comete erros. Ela sabe que merece ser respeitada mesmo quando suas diferenças e dificuldades ficam evidentes. Isso tem um impacto positivo importante nos seus relacionamentos.

Por outro lado, uma autoestima sem limites pode levar ao egoísmo e à sensação de que tudo é possível o tempo todo. Desta maneira vive-se uma vida de exigências e frustrações. A criança ou o adolescente julga que as pessoas existem para servi-las.

O desequilíbrio quando não é visto pelos pais, invariavelmente aparece na escola e o mais grave, pode vir na forma de um diagnóstico. Muitas vezes uma baixa autoestima se parece com depressão ou com um distúrbio de aprendizagem. Já a falta de limites pode ser confundida com o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, o famoso TDAH.

A justa medida está em duas atitudes essenciais dos pais: firmeza e gentileza. Ser firme inclui estabelecer que algumas regras e valores são inegociáveis para a família, cumpri-los e exigir seu cumprimento. E ser gentil é reconhecer o que está correto, encorajar o bom relacionamento do filho com outras pessoas, familiares ou não, deixar claras as regras da família e também permitir que os filhos saibam que há consequências quando quebram estas regras. Estas consequências devem ser conhecidas antecipadamente e aplicadas com o objetivo de que a criança pense nas soluções para o erro que cometeu. Consequência deve ser diferente de uma lição e, principalmente de uma punição.

Isso exige uma boa dose de coerência e que os adultos saiam do piloto automático. Para nos ajudar a exercer nosso papel podemos sempre nos lembrar que a disciplina é um dos principais pilares da formação do caráter dos nossos filhos. Desejo coragem e perseverança a todos nós.

Abraços maternos.

Claudia é mulher, esposa, mãe (de um rapaz e dois gatos), fonoaudióloga, psicopedagoga, educadora parental em Disciplina Positiva, moradora do Morumbi e futura psicanalista.
Sem Educação nada é possível.
@claualaminos.

Jardim Sul ensina a pescar!

Shopping Jardim Sul é uma das parcerias em ações sociais da Fundação Projeto Pescar para a inicialização profissional de jovens em serviços do comércio

Até o dia 02 de março jovens podem se inscrever no Projeto Pescar que visa profissionalizar jovens entre 16 e 19 anos e abrir-lhes oportunidades no comércio, especialmente para os lojistas do Shopping Jardim Sul. Além da formação gratuita,  estes jovens poderão contar também com uniformes, transporte e alimentação durante o período que cursarem o Projeto.

As inscrições devem ser feitas pelo link: https://www.projetopescar.org.br/inscricoes/

Esta é uma das várias iniciativas que o Shopping promove para 2020, ano em que fará 30 anos de sua inauguração e de grandes serviços prestados para a comunidade. 

 

Saber quem você quer ser é o que realmente importa

Ana Kekligian mostra em “Mulher Absoluta – Reconstrução e Significado” como a mulher de hoje pode olhar para dentro de si e desenvolver suas potencialidades

O mundo que vivemos hoje apresenta inúmeros estilos de vida que apontam para tantas oportunidades com enormes possibilidades, mas que acabam por nos deixar numa vertigem de alternativas que, paradoxalmente, face ao excesso, oblitera ações e nos deixa no meio do caminho com falta de iniciativa, como se esperássemos por uma epifania que nos apontasse para onde ir e no que apostar. Então, o mundo que nos parece maravilhoso, cheio de possibilidades sustentado por inúmeros recursos, tecnologias, infraestrutura e ciência, mostra-se carente de sentimento e significado. E é neste cenário aparentemente contraditório que aparece luzes que iluminam caminhos, despertam talentos e promovem vidas cheias de simbolismo e histórias que fazem legados e ensinam como a vida realmente pode ser aproveitada em qualquer campo da natureza humana.

Quem joga as luzes neste caminho que se pode e deve trilhar é Ana Kekligian, Fundadora da EBC – Empresa Brasileira de Coaching e Idealizadora do Projeto Autoconhecimento para Mulheres, em seu Evento “Mulher Absoluta – A Reconstrução e Significado” que ocorrerá nos dias 7 e 8 de março no Novotel no Morumbi.

Com a formação de Master Coach de Desempenho da Vida para Mulheres e Especialista Emocional, Ana apresenta nestes dois dias como as mulheres podem colocar suas histórias de vida, experiências, emoções, relacionamentos, competências e colaboração a serviço do seu desenvolvimento pessoal e profissional, aprendendo com elas próprias a usar seus talentos, ideias e empreendedorismo dentro do propósito que constroem para suas vidas. Reconstrução levando a um Significado. Contará com a participação de convidadas especiais que irão compartilhar histórias inspiradoras e que elas significaram para suas vidas.

Mas como isso tudo se dá? Bom, aí é preciso viver a experiência do Evento com suas atividades sempre em um movimento que levam suas participantes a uma jornada de autoconhecimento, deixando-lhe uma pessoa bem diferente daquela que iniciou.

E de uma forma esse é o grande ganho da participação. Saber o que e como fazer diante das “oportunidades com enormes possibilidades”. Você saberá não apenas olhar e se ver em alguma delas, mas sobretudo como se desenvolver naquela que entende ter uma relação com o propósito de sua vida.

Se você quer fazer a diferença consigo mesma, essa é a oportunidade.

Texto: Paulo Maia (Dolce Morumbi)

WORKSHOP VIVENCIAL DE AUTOCONHECIMENTO PARA MULHERES
07 e 08 de março
Novotel – Morumbi

Ana Kekligian

É Palestrante, Master Coach de Desempenho, Especialista Emocional e Especialista em Produtividade, orientada para a VIDA (Pessoal e Profissional) – com quatro certificações pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching): Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoriano, Master Coach e Análise Comportamental. Possui certificação de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE (Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional) e Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadPS.

Fundadora da EBC – Empresa Brasileira de Coaching e Idealizadora do Projeto Autoconhecimento para Mulheres, existente há três anos.

E acima de tudo é Mulher, Mãe, Filha, Esposa, Irmã, Tia…

E CEO DE SI MESMA!

Missão de Vida:

“Vivo o Coaching como filosofia de vida e minha missão é transformar vidas, através do autoconhecimento, para que as pessoas encontrem o sentido de suas existências e para que sejam mais felizes e realizadas.”