Coronavírus: Principais cuidados contra a infecção

Já são mais de 20.000 pessoas infectadas com o coronavírus e, até o dia de hoje, 425 mortes registradas. As autoridades ainda procuram entender como este surto ocorreu e o que deve ser feito para tratar antes de se espalhar descontroladamente pelo globo na forma de contágio.  Sim, estamos em estado de alerta e não podemos correr qualquer risco, pois a letalidade do vírus é enorme.

O vírus faz parte de uma grande família que podem causar desde resfriados até síndromes respiratórias mais graves que precisam tratamento médico intenso. Alguém contaminado pelo coronavírus pode apresentar diversos sintomas, que variam desde infecções em vias aéreas superiores parecidas com um resfriado comum ou até casos de pneumonia ou insuficiências respiratórias agudas. E, claro, para no momento ser um suspeito de coronavírus é preciso, ou ter viajado dentro dos últimos 14 dias para a cidade de Wuhan, na China ou ter mantido contato próximo com quem esteve recentemente lá.

Ainda não há vacina ou antibiótico que previa ou trate a infecção, mas esforços na busca da cura já estão acontecendo. Sendo uma infecção que afeta o sistema respiratório, cuidados com as vias aéreas são necessários para se manter fora do alcance da possibilidade de transmissão do coronavírus. 

O Ministério da Saúde (MS) recomendou evitar viagens à China como forma de prevenir contaminações. Porém, precauções de contágio são importantes para evitar a propagação de doenças infecciosas de qualquer etiologia, inclusive a desse novo vírus.

Tendo como fonte o Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Infectologia, listamos abaixo hábitos diários que podem ajudar a impedir a infecção e propagação do coronavírus e, na verdade, de  várias outras doenças.

• Higienizar as mãos sempre depois que tossir ou espirrar

• Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um antisséptico para as mãos à base de álcool em gel, principalmente, após contato direto com pessoas doentes e antes de se alimentar

• Cobrir nariz e boca sempre que for espirrar ou tossir com um lenço de papel e descartar no lixo

• Usar lenços descartáveis para higiene nasal (não utilize lenços de pano!)

• Manter ambientes muito bem ventilados

• Evitar tocar em olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas

• Não compartilhar objetos de uso pessoal como copos, garrafas e talheres

• Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

• Evitar contato próximo com pessoas doentes e que tenham infecção respiratória aguda

• Evitar contato com animais selvagens ou doentes

Vamos todos nos prevenir!

Artigos recomendados