Dicas para fazer seu filho gostar de estudar

Cynthia Passianotto

Sim, estudar é prazeroso pois age justamente na curiosidade humana e quanto mais cedo criarmos o hábito de estudar, melhor e mais proveito tiramos da vida. Aqui algumas dicas de como podemos levar o mundo dos estudos para a criança de forma que ela o receba com prazer.

  1. Fale sobre a importância de aprender;
  2. Se a criança não quiser fazer a lição, converse e descubra o motivo, já que pode ser por não ter entendido a matéria;
  3. Estabeleça horários para estudar em casa. É importante que a garotada tenha tempo para brincar e fazer outras atividades que goste;
  4. Escolha um ambiente tranquilo, sem barulho de televisão ou rádio, por exemplo. Assim, o seu filho fica mais concentrado;
  5. Peça para grifar as partes mais importantes do livro estudado com marca texto, logo depois incentive para que faça um resumo da matéria estudada;
Imagem por Annie Spratt em Unsplash
  1. Se ele não entender um exercício sobre desenho geométrico, por exemplo, busque objetos que estão ao seu redor para explicar
  2. Monte teatrinhos sobre os assuntos estudados ou acrescente músicas explicativas na hora de auxiliar na lição;
  3. Faça experiências para mostrar na prática algum assunto que tenha aprendido na escola;
  4. Não fique o tempo todo ao lado da criança, para que não se habitue a fazer a lição apenas na companhia dos pais;
  5. Oriente seu filho sobre onde e como pode buscar informações sobre o assunto que tem de pesquisar. Mas deixe que ele se interesse e procure pelo tema sozinho;
imagem por Stephen Andrews em Unsplash
  1. Dê preferência, na hora da pesquisa, por sites, livros ou outros materiais de fácil entendimento e voltados para crianças;
  2. Alerte para que a criança não copie o conteúdo da pesquisa, mas escreva o que entendeu;
  3. Se possível, leve os filhos a museus ou a outros espaços educativos, principalmente aos com opções interativas, onde possam aprender de forma diferente e divertida;
  4. Não estimule a memorização dos temas estudados. Peça sempre para explicar o que entendeu;
  5. Se não souber responder à uma dúvida da criança, anote e transfira a questão para a professora.
Imagem por Annie Spratt em Unsplash
Cynthia Wood Passianotto  é psicóloga e escreve quinzenalmente na Dolce Morumbi. Acompanhe a Cynthia também em suas Redes Sociais: @cynthia_wood_passianotto @crescendoeacontecendo

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-abril-2021-banner (1)
vinheta-abril-2021-banner (2)
vinheta-abril-2021-banner (3)
vinheta-abril-2021-banner (4)
vinheta-abril-2021-banner (5)
vinheta-abril-2021-banner (6)
vinheta-abril-2021-banner (7)
vinheta-abril-2021-banner (8)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados