Do jeito que está não dá mais para ficar!

Vamos organizar nossa casa ou empresa?!

Por Luciana Lauria

Muita gente treme ao ouvir essa frase. Mesmo que o ambiente já não seja (ou nunca tenha sido) favorável à rotina, pensar em organizar causa um desconforto enorme. Mas o que isso realmente significa? Significa que você nem sabe por onde começar. Então vamos entender uma coisa importante: organizar não é o mesmo que arrumar.

Organizar é colocar as coisas em lugares que atendam à nossa expectativa de uso. Arrumar é colocar elas de volta no lugar. Vamos imaginar um cenário. Você tem um carro e uma vaga de garagem na sua casa para guardá-lo. Cada dia que você chega em casa você escolhe aleatoriamente uma casa ou prédio vizinho e deixa seu carro. Sabe aquela sensação de quando vamos ao shopping e nunca lembramos onde o carro está?? Terrível, né?! Pior que isso só a sensação diária de nunca encontrar nada dentro da própria casa ou empresa!

Mas voltando ao carro, que você faria isso? Cada hora deixar o carro num lugar qualquer se o lugar dele é garagem dentro da sua casa! Com todas as outras coisas que você tem não é diferente! Tudo tem que ter um lugar. Depois de usado esse objeto deve voltar para a “garagem” dele. E entenda, o importante é voltar para o mesmo lugar. Não estar milimetricamente alinhado na gaveta ou prateleira. Isso já é uma questão estética. Se puder juntar os dois, perfeito! Você terá praticidade e beleza.

Image Designed by upklyak - Freepik

Por onde começamos então? Por uma seleção. Vá por ambientes. Eu sempre indico começar dos fundos para a frente da casa ou da sua empresa. Geralmente lá fica aquele quartinho que vamos depositando tudo que não sabemos o que fazer e deixamos para decidir um dia.

Separe o que fica, o vai para conserto, o que vai ser doado e o que vai ser descartado. Limpe o ambiente e devolva somente o que realmente terá utilidade e lembre de deixar espaço para as coisas que voltarão do conserto.

Setorize esse ambiente. Utilize prateleiras para facilitar a visualização, acesso e devolução. Armários também fazem essa função e com portas ajudam a acumular menos pó. Coloque etiquetas para que outras pessoas saibam os setores e colaborem com a manutenção. Nomeie de maneira simples: manutenção (área de ferramentas, lâmpadas, tintas, etc.), brinquedos, Natal, Pet, jardinagem.

Cada cômodo deve seguir essa lógica, mas cada um tem sua particularidade. Na cozinha, por exemplo, deixe perto do fogão panelas, assadeiras, talheres que são usados para cozinhar. Toalhas de mesa e descanso de panelas, mais próximos à mesa.

Pensando como você se move na casa e faz uso de cada cômodo, ficara fácil definir os setores.

As crianças também devem ser lembradas. Tanto pela segurança delas como pela participação e independência. Facilite que guardem diariamente suas mochilas escolares em ganchos apropriados para uso em ambientes infantis, instalando na altura adequada a elas e um gancho para cada criança. Pequenos detalhes que ensinam os pequenos a crescerem com bons hábitos.

Produtos como inseticidas, medicamentos, facas, tesouras, fósforos e tudo que possa ser perigoso devem ter lugares de difícil acesso a elas.

Image Designed by brgfx - Freepik
Image Designed by macrovector - Freepik

Faça uma lista de medidas preventivas. Pense em momentos como falta repentina de energia. Mantenha em casa ou na empresa uma lanterna sempre na mesma gaveta com as pilhas ao lado ou instale luzes de emergência. Elas são facilmente encontradas em casas de material de construção. Tenha sempre pilhas reserva, velas, fósforo. Essa lista serve para você lembrar de providenciar tudo que precisa ter de backup para o bom funcionamento de coisas que muitas vezes usamos pouco.

Não guarde objetos quebrados e sem função. Suas lembranças não irão embora pelo fato de você desapegar de algo que não funciona mais. Suas lembranças importantes já estão guardadas em você! Se ficar muito difícil, tire foto. Garanto que você vai ver muito mais esse objeto por fotografia do que lá no quartinho dos fundos.

Foto de Siniz Kim

Feito isso você estará num ambiente que favorece sua rotina. Mantê-lo arrumado será real porque tudo tem lugar para voltar depois do uso.

Agora você já tem o caminho! Mudar esse cenário é uma questão de atitude. Se ainda assim, com todas as dicas, você não está seguro ou segura de como proceder, peça ajuda!! Profissionais de organização resolvem isso e te ensinam como manter.

Faça alguma coisa! Mas faça!

Até a próxima!

A semana só está começando. Faça um tema cada dia. Mas faça!

Até a próxima!

Luciana Lauria é Personal Organizer por amor ao propósito da organização, casada, mãe de uma linda moça e moradora do Morumbi.
WhatsApp: (11) 99381-2327
Você pode também saber um pouco mais desse universo em suas redes sociais.

Imagem destacada: Designed by vectorpocket – Freepik

Artigos recomendados