Aprenda a dizer não em 5 passos

Ana Kekligian

Você com certeza já passou por situações em que disse sim querendo dizer um não. Ou, talvez, já tenha dito sim sem antes pensar e, depois ficou se culpando e pensando em alternativas – muitas vezes frustradas – para mudar a situação.

Estas situações acontecem em sua vida com mais frequência do que gostaria, não é mesmo? E, exatamente por este problema atingir tantas mulheres, quero compartilhar 5 dicas de como aprender a dizer não.

Separei este material, com o que acredito e testo na prática e no dia a dia de meus atendimentos, para que você sinta mais confiança ao dizer não.

MAS AFINAL, POR QUE TEMOS DIFICULDADE EM DIZER NÃO?

A maioria das pessoas cresceu dentro de uma estrutura familiar baseada em uma criação onde lhes foi ensinado que devem agradar, priorizando o cuidar e suprir a necessidade de terceiros antes das suas próprias.

A partir das nossas experiências, desenvolvemos padrões de pensamentos que geram comportamentos limitantes e que nos sabotam diante de situações que a nossa mente associa e nos leva a registros da infância ou momentos traumáticos. Como, por exemplo, a dificuldade ou incapacidade de dizer não a alguma demanda (trabalho, convite) mesmo tendo outras prioridades, com medo de desagradarmos e de não sermos amadas ou úteis para aquela pessoa.

Recusar o pedido de alguém ou se priorizar, pode gerar um sentimento de culpa, e pensamentos negativos como: “não sou boa”, “sou egoísta” ou “não me importo com o outro”. Ficamos com a sensação de que decepcionaremos as pessoas pelo fato de não estarmos acessíveis 24 horas por dia.

Importante ter também a consciência que nem todo “Sim” é positivo, pois agindo sempre dessa forma, você pode estar criando pessoas em torno de você com dependência emocional. Você pode incentivar as pessoas, mostrar o caminho da receita, sem fazer o bolo. Isso é positivo, motivador e desenvolve a autoconfiança de todos.

Toda vez que sentir dificuldade de dizer “Não” a alguém, lembre-se que está decidindo dizer “Não” a você mesma.

Agora, sabendo o motivo que nos leva a desenvolver este padrão, fica mais fácil de compreender o porquê e a como lidar de forma assertiva em situações no seu dia a dia. Desde a sua família até o seu líder, você deve entender quais os seus limites e prioridades.

Aqui estão 5 técnicas que irão auxiliá-la a administrar melhor a sua rotina e a compreender o que cabe e não cabe mais na sua vida:

  1. SAIBA CLARAMENTE QUAIS SEUS OBJETIVOS E METAS

Quando você entende em que lugar quer chegar, fica mais fácil de entender quais são suas prioridades e para quais eventos você dirá não. A primeira coisa que você deve aprender é a não comprometer seus objetivos em prol de questões de terceiros.

  1. PRESTE ATENÇÃO NA FORMA QUE VOCÊ ESTÁ SE COMUNICANDO

Outro ponto importante é aprender a se comunicar de forma clara, leve e objetiva. Não é porque você está negando um convite que precisa agir de forma grosseira. Desenvolva a sua comunicação para que a outra pessoa entenda os seus motivos e trabalhe o seu tom de voz para que ele não pareça incisivo.

  1. APRENDA A DAR ALTERNATIVAS OU UM SIM COM RESSALVAS

Nem todas as vezes é preciso dar um SIM ou um NÃO. Em muitos casos, você pode criar uma terceira opção, dando alternativas ao convite como, propor outra data ou outro horário. Ter jogo de cintura é fundamental para estabelecer relações sociais mais felizes.

  1. VALORIZE O SEU TEMPO E O DAS OUTRAS PESSOAS

Muitas vezes, você pode e deve pedir um tempo para pensar em sua resposta. Porém, caso você já saiba que será impossível dizer sim ao convite, não fique postergando sua resposta por medo de dar uma negativa a pessoa.

Na maioria das vezes, a demora causa mais estragos em uma relação, do que o próprio não pois, a pessoa que te convidou, também têm a agenda tão ocupada quanto a sua. Por isso, seja honesta e dê uma resposta clara, educada e rápida o suficiente ao convite.

  1. DESENVOLVA A SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

E, por último, recomendo que você trabalhe as suas emoções a fim de entender o que acontece com seus sentimentos quando é necessário falar não. Quanto mais você for capaz de entender quais emoções estão te atrapalhando, mais fácil será de aprender a dizer não na hora e jeito certo.

Eu espero que você coloque estas dicas em prática, mude a sua atitude e flexibilize o seu comportamento a fim de se colocar como prioridade. Quando passamos a nos colocar como protagonistas de nossas vidas, nossas palavras e atitudes condizem com a nossa verdade.

E isto faz com que alcancemos os nossos objetivos e que os nossos SIM e NÃO sejam respeitados e levados em consideração por todos que nos cercam.

Ana Kekligian é Master Coach de Desempenho e Especialista em Inteligência Emocional com foco na vida pessoal e profissional. Idealizadora da EBC (Empresa Brasileira de Coaching). Atualmente, possui cinco importantes certificações internacionais pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching): Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoniano, Master Coach, Inteligência Emocional e Análise Comportamental. Conta também com a certificação de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE (Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional) e Especialista em Produtividade com: Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadPS.

Além disso, Ana Kekligian é mãe, filha, irmã, tia, amiga, noiva e CEO de si mesma.

BANNER ASSESSMENT 2
AUTOCONHECIMENTO PARA MULHERES
previous arrow
next arrow

Imagem destacada da Publicação

Assine

Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossos últimos artigos.

Conheça nossa política de privacidade

vinheta-julho21-banner-(1)
vinheta-julho21-banner-(2)
vinheta-julho21-banner-(3)
vinheta-julho21-banner-(4)
vinheta-julho21-banner-(5)
vinheta-julho21-banner-(6)
vinheta-julho21-banner-(7)
Anterior
Próximo

Artigos recomendados