Como lidar com as birras?

Até os 3 anos, há um predomínio na criança do lado direito do cérebro. Ou seja, a criança ainda está totalmente imersa em suas emoções, é muito intuitiva e não verbal. Nessa fase, não há controle dos impulsos nem autocompreensão. A criança encontra-se incapaz de controlar o corpo e suas emoções. No momento da birra, os pais devem agir com carinho e conforto. Acolher a criança e abraçar. O contato físico é muito importante. Direcionar a criança para outra coisa e tentar distrair. Apesar de ser comum em crianças menores, as maiores, quando estão em situações extremamentes perturbadoras, acabam também não conseguindo controlar seus impulsos. Outro tipo de birra, que ocorre com as crianças mais velhas, é quando elas decidem ter um “chilique”.  Ela resolve querer alguma coisa ou exigir algo e caso não seja atendida, tem a crise. Com muita gentileza, deve ser deixado claro que não haverá negociação. Por exemplo, dizer que entende que ela quer muito determinada coisa, que realmente é muito legal e você compreende. Mas que aquele não é o momento. Um limite firme deve ser oferecido, mas é extremamente importante que haja muita gentileza e clareza de toda a situação. Lembrem-se: para criarmos filhos emocionalmente saudáveis, precisamos cuidar primeiro de nós, pais!

Camila B. M. Corregiari
Psicóloga e Psicopedagoga
Rua Jandiatuba, 630 cj. 231 B
Empresarial Jardim Sul
Telefones:
(11) 3895-2814 e (11) 3895-2794

Artigos recomendados